ESSA É A GESTÃO KASSAB: MÚSICOS PROIBIDOS DE TOCAR NA AV. PAULISTA

20 11 2010

Surpreso.. devo estar surpreso??? Não, não devo estar surpreso da gestão do Prefeito Gilberto Kassab impedir músicos e artistas de rua de tocar e se apresentar na Avenida Paulista. Não devo estar surpreso com essa gestão que inibe o livre agir, o livre pensar, o livre se manifestar. Também não estou surpreso por essa gestão querer reprimir o povo de fazer arte sendo que a arte é instrumento de libertação do próprio povo. O fato de o prefeito enviar os seus capangas da Polícia Militar (PM), robozinhos da ditadura, contra o povo pobre da cidade, também não me causa nenhuma surpresa. Não me surpreende também uma gestão que preza pela “higienização” da cidade de São Paulo, como forma de destruir favelas sem dar o devido apoio aos seus moradores e de ter a intenção de “varrer” as ruas do centro, seus andarilhos e mendigos, sabe-se lá pra onde.. não vai me causar surpresa também dessa gestão fazer tudo isso não porque se preocupa com a vida desse povo maltratado, esquecido e oprimido, e sim para tornar a cidade mais “agradável” para a classe abastada e rica da população.. DEVO ESTAR SURPRESO??????? E VCS, ESTÃO SURPRESOS???

**Mais abaixo disponibilizo um vídeo meu em homenagem a todos os artistas de rua, praças e becos desse Brasil!!!

Segue texto extraído do site do jornal O Estado de S. Paulo:

Músicos e artistas de rua estão sendo impedidos de se apresentar nas calçadas da Avenida Paulista. A proibição começou há pouco mais de um mês, quando a via passou a ser monitorada pela Operação Delegada, na qual PMs trabalham para a Prefeitura de São Paulo nos dias de folga e têm a missão de coibir o comércio ambulante. As estátuas vivas e os tocadores de violão estão entre os mais atingidos.

Na semana passada, o músico Marcio Aguiar, de 37 anos, imitava o cantor Raul Seixas quando foi abordado por um soldado, próximo da Alameda Casa Branca. “Ele me disse que eu não poderia colocar caixinha no chão (para receber contribuições do público)”, contou. “Depois, veio uma tenente e falou que era a minha última chance antes que meu violão fosse apreendido.” Aguiar saiu do local e disse que o clima é de tensão. “Aqui sempre foi um corredor de arte. Agora virou da repressão.”

Com o professor de guitarra Rafael Pio, de 30 anos, a situação foi mais complicada. O rapaz foi detido e liberado no mesmo dia depois que teve sua guitarra e um amplificador apreendidos.

A PM informou que as manifestações culturais podem ser exercidas em qualquer lugar e que respeita e garante os termos constitucionais. A corporação diz que “quando há qualquer tipo de exploração comercial, caracteriza-se um evento e há a necessidade de autorização da Prefeitura”.

 

Toda essa situação me lembrou a cobertura que eu fiz da Flip – Festa Literária Internacional de Parati, em 2008, para a FizTv. Na cobertura, eu prezei por vídeos com os artistas de rua da festa e não escritores consagrados, elitizados e já com toda a cobertura da mídia clássica, como Rede Globo, por exemplo. Deixo aqui pra vcs o vídeo 3 da cobertura que realizei, em homenagem a todos os artistas de rua desse Brasil intenso e raiz!!!!!



Ações

Information

15 responses

20 11 2010
Thais

Enquanto isso aqui em Londres os artitas de rua nao sao soh permitidos, como sao considerados uma atracao a parte!

20 11 2010
Thais

Mas tem uma coisa boa, vi muita gente extremamente irritada com a gestao do Kassab, acho que ele nao ganha a proxima eleicao.

P.S: teclado sem acentos, desculpe.

20 11 2010
Danilo Santos

Parabéns pela ótima escrita. Colocou bem o momento que passamos dessa ditadura de quase 16 anos anos que vivemos em São Paulo.
Além disso achei admirável e extremamente necessário se colocar não só como artista mas como povo, que é isso que somos, artistas, todos e todos povo.

Gostaria de publicar esse seu artigo no blog de meu coletivo de cinema o “cinefusão”, o que acha?

20 11 2010
bolaearte

Thais, essa é a nossa esperança, que o Kassab e seus capangas não voltem nunca mais a prefeitura de SP!! Mas a classe reacionária da cidade de SP tem muitos votos, conforme o atual governador Geraldo picolé-de-chuchu provou. Façamos força pra que todos eles vão embora definitivamente!!!

20 11 2010
bolaearte

Danilo, vai em frente, os artigos aqui postados são todos permitidos para livre expressão e veiculação em outros blogs que estão na mesma sintonia!! Somos nós!! Abss, CarlosCarlos

20 11 2010
Danilo Santos

Fala CarlosCarlos, valeu mano! Já recomendei seu blog lá na nossa página, tanto na matéria quanto nos “recomendados”, da uma passada por lá.

Abs

21 11 2010
Vanderlei Prado

Nós artesãos da feirinha da Teodoro Sampaio estamos passando pelo mesmo problema, o guitarrista que perdeu a sua guitarra na Paulista é nosso amigo, estamos também reclamando essas acões da prefeitura na comissão de direitos humanos na câmara, quem quizer ajudar a gente é só entrar em contato no blog http://www.wanderart.blogspot.com
e por e-mil vander_mcl@yahoo.com.br
Não queremos isto pra São Paulo

Vanderlei

21 11 2010
adeuscafofo

Bacaníssima, CarlosCarlos: tuas palavras, teu posicionamento, o vídeo que vc fez!
Parabéns!
Thaís

21 11 2010
bolaearte

Valeu Thaís!! Vanderlei e todos, ontem enviei email ao meu amigo Deputado Estadual Carlos Giannazi, que é um cara que sempre apoia os direitos dos músicos.. falei sobre o ocorrido e ele respondeu dizendo que já estava ciente e tomando providências… que essa palhaçada acabe!!!! Abs a todos.

CarlosCarlos

3 12 2010
Cris Meliska

Olá, Carlos!
Seu artigo é excelente!
Estamos nos mobilizando para uma manifestação ainda este mes.
Caso queira nos apoiar, por favor, envie um e-mail para palhacada@yahoogrupos.com.br
Abraços!

20 12 2010
marcio aguiar

Eu sou o Marcio Aguiar que estava tocando na paulista, obrigado a todos pela solidariedade. eu imitava RAUL SEIXAS, ACREDITO QUE ISTO INCOMODOU. VIVA, VIVA, VIVA, VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA

20 12 2010
marcio aguiar

MARCIO AGUIAR RAUL SEIXAS COUVER DA PAULISTA, EM BUSCA DA LIBERDADE ARTISTICA, 011 6339 4518

18 01 2011
O jogo de damas da cidade : Vereda Estreita

[...] parágrafo. Difícil se expressar assim onde artistas-de-rua não podem exercer sua arte. Seja em em São Paulo, seja em Paraty. Sempre é necessário consultar o “dono-da-rua” pra saber se ele está de [...]

20 01 2011
Celso Reeks

Oi Carlos, muito bom teu texto.

Gostaria de avisar a todos que nossas manifestações de repúdio tiveram sucesso: a Prefeitura entrou em contato conosco e estamos conversando com Ronaldo Camargo, Secretário de Coordenação das Subprefeituras, para chegar a uma Portaria que oriente a PM sobre os direitos dos artistas de rua.

Quem quiser pode acompanhar e participar de todas as conversas num grupo de discussão do Facebook:

http://www.facebook.com/home.php?sk=group_119265854805582&ap=1

artistalivre@groups.facebook.com

2 10 2012
Festival do ROSA Choq_ | Vereda Estreita

[...] excludentes, fazemos o inverso: mais consumo, mais individualismo, mais grades, mais prédios, menos artistas nas ruas, menos gente nas ruas, menos feiras-livres, mais condomínios fechados, mais carros, mais [...]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 49 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: