BELA PIXAÇÃO EM FRENTE A CASA NOTURNA DE RAFINHA BASTOS

26 05 2011

A foto a seguir refere-se ao comentário imbecil de Rafinha Bastos, da Band, quando disse: “Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia… Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus. Isso pra você não foi um crime, e sim uma oportunidade. Homem que fez isso não merece cadeia, merece um abraço“.

É uma foto que mostra uma pichação com os seguintes escritos: “Estupra-se mulheres feias aqui” – em frente a casa noturna “Comedians”, localizada na Rua Augusta, em São Paulo, a qual Rafinha Bastos é proprietário.

Na real nem me apetece dar ibope a esse tipo de mané, mas é que essa foto precisa ser repassada mesmo!!! Todo mundo deveria tomar esse tipo de atitude quando alguém pega pesado em suas colocações esdrúxulas.. o programa Pânico, por exemplo.. há anos os caras humilham pessoas pobres, chamam de desdentados, feios, idiotas, daí pra baixo.. e ninguém diz nada.

Chegou a hora dessa galera pagar!!! E tem que pagar dobrado!! Cada lágrima sofrida do povo brasileiro. E deixo a ressalva:

NUM PAÍS COMO O BRASIL, TOTALMENTE DESIGUAL E INJUSTO, NÃO CABEM PIADAS BRINCANDO COM A POBREZA. QUEM FIZER ALGUMA DEVE LEVAR OVO NA CABEÇA!!!

E no caso do Rafinha Bastos, quando fala de “mulheres feias”, eu só lamento, ele deve ser considerar muito bonito e inteligente, pena pra ele, que parece não enxergar os lados mais verdadeiros e puros dessa vida.

A foto:


Ações

Information

73 responses

27 05 2011
César Bento

Boa iniciativa,porém, só pra melhorar um pouquinho, o certo seria escrever “estupram-se”

29 05 2011
rita de cassia

A GRAFIA NÃO É O MAIS IMPORTANTE E SIM A INTENÇÃO DA CAMPANHA.

29 05 2011
Márcia costa

Os homens já pensam [força de expressão] que têm o direito de agredir e humilhar às mulheres e depois desse incentivo, que é um absurdo, a cultura machista e ortodoxo desses criminosos tendem aumentar consideravelmente.

29 05 2011
asdsa

Ow, “estupra-se” está correto. Certifique-se antes de corrigir alguém erroneamente!

31 05 2011
brutalyouth

Na verdade está corretíssimo. Vende-se casas e não vendem-se casas. Casas são vendidas, não são o sujeito da oração, portanto o verbo não varia com elas! Não existe sujeito pra conjugar esse verbo , portanto ele fica sempre no infinitivo! =)

31 05 2011
brutalyouth

Opa, no infinitivo não, na terceira pessoa do singular! rs

10 06 2011
Gustavo

Concordo que a grafia não seja o ponto mais importante. Mas vou dar meu pitaco nas duas questões.

Seria correto o verbo concordar com o sujeito, que nesse caso existe, e são as mulheres, porque “se” é uma partícula apassivadora. Como o verbo estuprar é transitivo há concordância verbal em caso de plural. Vendem-se casas. Estupram-se mulheres…

Há que se atentar para situações em que as piadas causem constrangimento a outras pessoas. Particularmente, adoro um humor ácido e que brinquem com o cotidiano e com a condição das pessoas. Mas creio que essas brincadeiras devam ter um caráter mais intimista, numa relação em que haja amizade e conhecimento da outra pessoa alvo da piada, pois, dessa maneira, tem-se mais chance de conhecer os limites dessa pessoa.

Nesse sentido creio que a péssima piada do “politicamente incorreto” (lembrando Marcelo Rubens Paiva) que Rafael Bastos disparou sem medir conseqüências peca em dois aspectos fundamentais: 1) ele disse isso num veículo de comunicação, razão pela qual deveria estar muito mais preocupado com as conseqüências do que diz; 2) se estivesse numa relação de amizade, em que tivesse por interlocutor uma pessoa que houvesse sido estuprada, ele jamais teria coragem de brincar com isso.

E se ele fosse o abusado sexualmente será que conseguiria brincar com um assunto desses?

31 05 2011
bhel

A grafia está certa… ESTUPRA-SE ( alguem, uma pessoa estupra ) MULHERES FEIAS ( várias mulheres ) não tem nada errado aí.

27 05 2011
Luis Eduardo Tavares

Bela CarlosCarlos,

Já estava passando da hora de malharmos esses manés que se dizem comediantes, mas são pura expressão do neofacismo. Esse post me ativou na hora a lembrança de outros dois artigos recentes que também denunciam o que há de subjacente nessas piadas. São eles:
“Políticamente Facista” do Marcelo Coelho, na Folha Ilustrada, que desce o cassete no Danilo Gentili.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/917484-politicamente-fascista.shtml

“A Moda do Reaça”, do Marcelo Rubens Paiva, no Estadão, que pega diversos casos nessa linha.

É maravilhoso essa conscientização e vejo uma relação disso com esses grandes movimentos que estamos assistindo hoje de revoluções 2.0, pela Multidão, que exigem democracia real (participativa) ou o “churrascão de gente diferenciada” contra o preconceito de classe da elite paulistana e a Marcha da Liberdade que vem aí. É como um furacão centrífugo que expulsa de dentro de si aquilo que é ruim, nocivo a sociedade e ao planeta.

abraço

27 05 2011
Luis Eduardo Tavares

Link do artido do Marcelo Rubens Paiva não foi, favor incluir no comentário acima.

http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/a-moda-do-reaca/

abs

27 05 2011
Christopher

pelo amor de Deus…
tanta coisa pra se preocupar…o rafinha, do mesmo jeito que faz humor com pobres desdentados, faz com ricos, deputados, eh humor gente…se liga !!

27 05 2011
Luis Eduardo Tavares

Burro!

27 05 2011
Claudia

Christopher… Não é porque é humor que precisa descer tão baixo. Não tem graça discriminação, não tem graça rir de alguém por seus defeitos. Não tem graça fazer piada de coisas sérias como estupro, por exemplo. Até humor tem limite. Ética e respeito deve ser praticado SEMPRE.

28 05 2011
Guilherme Maestro

Adorei sua resposta!!!

28 05 2011
Fernando

Não, não precisa de ética no humor Claudia (humor negro britânico e pica-pau todo munda aceita, né), simplesmente porque ele não depende só do comediante, depende também de quem tá ouvindo. Pra isso q serve a classificação etária (muito embora ela não sirva muito porque não evita q certas ”crianças” assistam porcaria).

29 05 2011
Márcia costa

É ISSO MESMO. TER ÉTICA E RESPEITO!

29 05 2011
rita de cassia

HUMOR COM COISAS QUE SÉRIA QUE TRAUMATIZA QUALQUER UM QUE PASSOU POR ISSO? TU JÁ FOSTE ESTUPRADO?

29 05 2011
trinityohara

Eu também acho, mas já desisti de explicar. No fim das contas, descobri que a coisa toda é porque é muita mais fácil ficar malhando o Rafinha Bastas pelo quê ele fala num show de HUMOR do que nas coisas absurdas que os deputados falam nas sessões OFICIAIS da Câmara.

Nem é uma questão de senso de humor, é uma questão de CONTEXTO!!!

6 06 2011
Ordep

Contexto? Contextualize então que as pessoas que ouvem o imbecil do Rafinha Bastos ou o ignorante do Gentili, tomam suas palavras como se fossem de uma ordem cultural. Como se fosse informação. O humor mascara isso. (Mesmo que o que os dois fazem, para mim, não é humor). As acusações e “denúncias” políticas, feita pelos dois só servem para despolitizar a nação. Ou então politizar falsamente. Comédia boa é Monthy Python. Rafinha Bastos é lixo histórico. Os artigos postados por Luis Eduardo são extremamente bons. Leia-os, oh! ignorantes. Os imbecis “humoristas” querem a atenção do povo para encher o seu saco de grana. Fazem os mais superficiais comentário, e ainda lançam estupro no meio de tudo. Se for para alertar o povo, alerte! mas só alerte!

No mais:
espero que a mãe feia de Rafinha ainda seja estuprada. Alguém quer fazer esse favor?

23 06 2011
Rodrigo

Retardado! Pra cada merda falada um estupro de brinde.

27 05 2011
Bela pixação em frente a casa noturna de Rafinha Bastos (via Bola & Arte) | Beto Bertagna a 24 quadros

[...] mulheres feias aqui” – em frente a casa noturna “Comedians” … Read More via BOLA & [...]

27 05 2011
Cacovsky

francamente…

27 05 2011
Aggnes Franco

Acho insuportável o políticamente correto. Mais uma coisa idiota que chupinhamos dos estadunidenses. Sou amante da ironia. Sou baixinha, e não me importo com piadas nesse sentido. Acho louvável poder rir de si mesmo. No entanto, alguns comediantes ultrapassam qualquer limite do absurdo! O Rafinha anda comentendo um erro clássico de quem tem segurança em excesso: falar sem pensar. Ele que pense o que quiser, mas por favor, poupe-me! Mandou bem, Carlos.

27 05 2011
Leandro da Mata

Compactuo da opinião dos críticos de plantão e simpatizo com o manifesto. Em muitas oportunidades, considero as declarações de Rafinha Bastos agressivas demais, ofensas gratuitas e desprovidas de pudor e caráter. Por outro lado, um humorista oportunista como ele ñ pode ser levado tão à sério, deve ser convenientemente ignorado e desprezado. Ao contrário de outros que agem diretamente em nossos destinos, como grandes corporações privadas e lideranças políticas – que hj caminham lado a lado. Estes sim devem ser alvos de indignição, repúdio e protesto. Existem duas maneiras de mudar o rumo da nossa nação: saúde, cultura e educação p/ o povo ou o enfrentamento da classe dominante que impede este primeiro processo. Ñ percam o foco!!! Para minar imbecis como o próprio Rafinha Bastos, concentremos nossas forças e esforços em algo mais relevante: sábado, 14h, Masp, #marchadaliberdade

6 06 2011
Ordep

Unico post relevante.

27 05 2011
leo cumin

se queriam fazer uma critica construtiva acabaram enriquecendo ainda mais a casa noturna do nosso amigo, que so estava fazendo o sue trabalho que é fazer comédia sobre os desastres da vida…..

mas escrever na calçada de uma casa de comédia “estupra-se (escrito errado) mulheres feias aqui” é pedir para qualquer um que passa olhando para baixo dar risada, porque: 1° esta escrito errado…. 2° é uma casa de comédia, qualquer coisa dita ou colocada na frente naturalmente leva uma conotação comica…. 3° quem não sabe rir e relaxar um pouco morre cedo e não se adapta na sociedade, sem um minimo, nen que seja por 15 minutos por dia de hipocrisia o mundo não vive…..

todo mundo fala do politico, mas quando não tem radar anda acima da velocidade, os proprios negros(afro-descendentes) fazem piadas racistas… esta infeliz vai po congresso la voce pode muda algo não na calçada da rua…

27 05 2011
Bárbara Soares

Francamente… vc nunca foi ou conheceu alguém q já foi estuprado, né?! Não é coisa para se fazer piada!

27 05 2011
Pati Medeiros

Leo Cumin

Eu duvido q vc falaria assim se sua irma ou sua mãe tivesse sido estuprada na rua .

27 05 2011
Pati Medeiros

*tivessem….

27 05 2011
Antonio Francisco Rocha

Com o crime não se brinca e nem faz piadas.Estrupo é um crime como outro qualquer.Será que ele brincava da mesma maneira se a mãe,esposa,filha ou irmã dele fossem estrupadas?Cuidado amiguinho não brinque com fogo que queima e queima muuuuuiiiiiiito!!

27 05 2011
Thiago Fogaça

É isso aí, apoio totalmente. Comédia é pra ser levada a sério.

Onde já se viu? Classe social, credo, lugar de nascimento, opção sexual, raça, moral, opinião, gostos e times de futebol não são motivo de piada.

As pessoas tem que entender que comédia vem de um lugar recatado e conservador e não politicamente incorreto ou que insulta o próximo.

Falar de algo ofensivo é para os dramaturgos e trovadores.
Comediantes devem respeitar tudo e a todos.

Imagina se a comédia te levasse para um lugar desconfortável aonde o pensamento diverge do seu? Incitaria o quê? Discussões, debates, críticas?
Uma alegoria a algum problema maior? A habilidade de achar o ridículo em uma situação levada a sério?

Acho esta uma causa extremamente valorosa, digna de manifestos, panfletos, poesias visuais, churrascos, discussões acaloradas com narguilês, maconha e óculos de aro grosso.

Peraí, agora vai passar Zorra Total na Vivo, o verdadeiro humor brasileiro, não este conformismo de humor americano. Depois volto para concordar mais com as opiniões alheias.

27 05 2011
Fabiana

Nossa estou eu agora lendo os posts e ficando chocada em cada trecho que leio, eu já sofri violencia sexual quando era criança e levo essa marca até a idade que tenho hoje (30 anos), e fico chocada que tenha pessoas que tenham coragem de fazer piadas sobre isso, gosto de mais do Rafinha, o programa A Liga sempre tem pautas maravilhosas, mas na corrida do dia a dia estou por fora das discusões e quando li que o mesmo falou isso fiquei chocada, pois quem passa por uma coisa dessa dificilmente vai se sentir bem ouvindo uma colocação dessas. Acredito no humor e torço cada dia mais para ter, mas depois de ler isso começo a repensar…

29 05 2011
rita de cassia

POIS É MINHA CARA, ESSE CARA É UM BABACA, ELE FAZ ISSO PORQUE NÃO FOI COM ELE E NEM NINGUÉM DA FAMÍLIA DELE.

27 05 2011
Alyson Segundo

nao seria PICHAR?

28 05 2011
Rafael

Galera, acho que era só uma piada.

29 05 2011
rita de cassia

MUITO SEM GRAÇA, E DE MAL GOSTO.

28 05 2011
Mar23

Gosto bastante do Rafinha Bastos, ele é um bom humorista, mas nessa concordo que ele pegou pesado. Acho que é raro o bom humor com o politicamente correto, mas não se brinca com estupro, é um crime bárbaro e causa traumas horríveis nas vítimas. Com certeza, se ele tivesse passado por coisa assim, não estaria fazendo piadas.
Concordo com o comentário da Aggnes Franco, falou sem pensar. Pena que ele tenha dito isso.

28 05 2011
Srt- Manylilow

gente
como e que add a pessoa?

28 05 2011
Lucianaweb

Engraçado esses comentários que avisam “se tivesse aconteceido com mãe,esposa,filha ou irmã”; por que vocês homens heteros acreditam ser imunes a estupro?
Corrijam a frase: Se tivesse acontecido com o Rafinha…

29 05 2011
serginho

essa casa do rafinha é um centro de humor ou casa de caridade pra estuprar mulher feia?

29 05 2011
Poster!

Muito boa a ideia…
Mas nada se da mais destaque, do que a palhaçada do novo código florestal, agora fora assassinado um homem, devido à essa nova lei.. confira mais em:

http://assuntosalheios.wordpress.com/2011/05/29/novo-codigo-florestal-palhacada-no-congresso-gera-morte/

29 05 2011
rita de cassia

ESSE CARA É RIDÍCULO, ELE BEM QUE DEVIA LEVAR NO 3,20 POR UNS 30 CM, PRA VER COMO É ENGRAÇADO.

29 05 2011
rita de cassia

ESSE RAFINHA É COMEDIANTE DE QUÊ? NUNCA VI HUMOR NESSE CARA! ELE É UM CHATO, METIDO E RIDÍCULO.

29 05 2011
trinityohara

Vamos ver se eu entendi: pode fazer piada de pobre, de homossexual, de roubo, de homicídio, de prostituta, de gente que morre e vai pro céu, de deus, do diabo, do presidente da república, de pai de santo, de hitler, de holocausto, de fome, de mendigo, de miséria, de leproso, de abuso sexual, de papa, de deficiente físico, de abuso de freira, de abuso de gay e até estupro de velhinha xingando a mãe, de guerra e de estupro de freira. Mas do estupro das mulheres feias, em específico, não pode. É isso?

Eu queria ser bem mais feia que eu já sou só pra dizer que eu não me ofendi…

30 05 2011
punkadagirl

Abuso sexual nao exclui estupro das mulheres feias! Abuso sexual é abuso sexual! Nao importa se vc é feio, bonito, crianca, adulto, homem, mulher etc…. Nao é correto fazer piada sobre a maioria das coisas que vc colocou aí (tirando Hitler, o presidente da republica e o papa)

29 05 2011
luis

particularmente não gosto do rafinha bastos, não acho graça nas piadas dele, acho idiota todos os Retweets dele q vejo na minha timeline, sério mesmo, nao entendo como alguém é fã de um cara desse.. acho até mesmo desnecessária a presença dele no CQC, além de nao fazer nada, só faz comentários sobre a sexualidade de alguem ou algo assim, geralmente piadinhas repetidas e sem graça. Enfim, ele fala o que quer, e tem público pra ouvir isso… faço minha parte em NAO DAR IBOPE pra ele.

29 05 2011
Tuca

Acho o Rafinha Bastos um comediante mediano que tem na mente que a polêmica faz sucesso. Mas como fazer ele ver o contrário? O povo dá ibope. segue no twitter, retuita, lota os shows dele, ri da piada do estupro. É a babaca classe média que devemos atacar. Se ele fosse uma voz com pouca audiência, mudaria fácil fácil.

30 05 2011
Gongo

Triste é ver que vocês dão audiência pra ele, ainda que falando mal. Já disse o Maluf “Falem mal mas falem de mim”. Vocês estão dando IBOPE pra esse sujeito, falando bem ou falando mal. Nunca vi esse cara falar, não assisto TV, e nem acompanho ele n Twitter ou onde quer que seja. Esse cara não existe.

30 05 2011
Luiz

Só vejo nesse post mais uma prova de que muitas pessoas torcem para que a ditadura volte a reinar no brasil, mais uma prova de que o brasil esta se tornando um pais de hipocritas onde negro nao pode ser chamado de negro, gordo nao pode ser chamado de gordo. Tudo agora gira em torno de bullyng e outros rotulos que a sociedade coloca na moda atravez da midia. Ainda pessoas nao percebem que o unico preconceito qie existe no brasil e social e nao racial. Por exemplo, manda o wagner love entrar em um restaurante caro da zona sul do rio para ver se ele sera mal tratado pela cor dele… O rafinha e um comediante, porque as pessoas tem que levar poadas agora ao pe da letra??? Voces estao ajudando a criar um brasil cheio de censuras onde se o saudoso ary toledo seria preso se estivesse vivo. Engracado como uma piada dessas gera tantos comentarios e ainda causa ato de vandalismo em uma propriedade particular, agora com o aumento de 62% dos deputados ninguem se importa ne? Ninguem foi la pixar o palacio do planalto.

30 05 2011
punkadagirl

Eu acho que ” estuprar mulher feia”, nao tem como nao levar ao pé da letra! Me diga qual é o outro sentido que essa frase tem?
E é obvio que existe preconceito racial no Brasil. Voce acha que as oportunidades para negros e brancos sao as mesmas? Nao sei em que mundo voce vive! Chamar alguém de gordo, negro, homossexual, deficiente etc é preconceito sim! Luiz, voce tem uma visao distorcida e absurda do que é ditadura. Respeito ao próximo nao é ditadura!

30 05 2011
punkadagirl

Para tod@s que estao fazendo do estupro a piada do dia; Uma mulher te botou nesse mundo, voce provavelmente tem irmas,amigas, namorada, esposa, filha. Acho que nao teria graca nem uma se isso acontecesse com alguma dessas mulheres…
Estupro machuca prá sempre! Estupro traumatiza prá sempre.

30 05 2011
30 05 2011
Chizz

o pior de tudo é que quem dá ibope pra esse tipo de pessoa que se denomina comediante são a maioria da classe média baixa e classe baixa, riem da própria desgraça pra fazer de conta que o problema é com os outros. até quando a televisão vai empurrar esse tipo de ‘diversão’ ‘goela a baixo’ do povo brasileiro? até quando as pessoas vão aceitar esse tipo de entretenimento já que as concessões que as emissoras recebem para exibir seus canais são dadas pelo governo, e por consequência deveriam exibir coisas no mínimo decentes?

6 06 2011
Thaty

Se você está incomodado assista a TV cultura ou assine uma TV a cabo não melhor ainda saia de casa vá ao teatro, a barzinhos, shows e por que não a um cineminha? Opções todos tem mesmo quando não se tem dinheiro povo reclama da programação mediocre e não tem dimdim pra assinar uma TV a cabo então assista a Cultura é o melhor canal em TV’S abertas as pessoa não a assistem por que acham chata e desinteressante e acabam na mesmice de sempre. È bem melhor reclamar do que está acostumado a ver do que esperimentar algo diferente.
Parabens pela critica, muy creativa.
buenas chico.

31 05 2011
PAULINHO

Esse xarope é muito mala….
Abençoe os http://pernadepautupa.wordpress.com são todas almas perdidas pelo álcool

31 05 2011
tibis

Um dia vai se apaixonar perdidamente por uma mulher que não vá de encontro à esses rígidos padrões de beleza impostos pela mesma mídia que veicula esse tipo de humor, por essa mulher que desdenha. E ‘pagar a língua’ desmedidamente grande.

6 06 2011
Thaty

O Rafinha é casado.

1 06 2011
Rafael

Piadas sobre o cotidiano neste tipo de show é normal. Ja fui a apresentações de stand up, mais recentemente ao do Fabio Porchat. As piadas ditas, em geral, foram puxadas para si. Citarei algumas: Rabin ri da sua condição de “vagabundo, cara de drogado, judeu”; Porchat: Ser gordo, afeminado; “coroa que esqueci o nome”: piadas do cotidiano inofensivas E engraçadíssimas. Quando o ritmo é levado para este lado, dificilmente se ofende alguém. É a mesma coisa eu fazer piada por ser baixinho e ter cara de nerd. Ninguém com um pouco de bom senso e essas características poderiam ficar chateadas, porque é algo inerente à personalidade/aspecto de quem está falando. Enfim. Não vejo problemas neste sentido. MAS, tentar fazer rir e rir de temas traumatizantes como aidéticos (já vi um babaca famoso falar que só se infecta quem quer), alzheimer (outro disse que não se lembrariam da piada), parkinson (o mesmo babaca falou sobre masturbação) e o que se está falando aqui, o estupro. Não é engraçado para quem vive em tais condições nem para quem convive com alguém assim (não deveria ser para ninguém – e não é ditadura. É uma questão de fraternidade), e é de uma estupidez sem tamanho. Eu imagino a seguinte situação: uma vítima de estupro recente ou uma pessoa próxima a ela está completamente transtornada e pensa “vou assistir um programa engraçado pra esquecer por um instante a minha dor” e tem o azar de ouvir tal coisa. Matematicamente falando, é bem provável que isso tenha acontecido. Parabéns, Sr. Rafael, com o qual divido apenas o nome. Quanto aos que falaram sobre ser fácil reclamar dele e não dos políticos, cada reclamação no seu lugar. Pois não há cabimento eu falar aqui sobre um assunto que trato nas reuniões dos movimentos que participo. E falar mal não é dar audiência. Todo manifesto deve ser feito em massa, e não isoladamente. Sem mais.

1 06 2011
Rafael

Desculpe o tamanho do post e possíveis erros de digitação.

6 06 2011
Thaty

O Ari Toledo sempre fez piadas negras com feias e ninguém nunca reclamou agora só por que o Rafinha Bastos está na mídia no melhor momento da vida dele sempre surgem aqueles sangues-sugas hipócritas e falso moralistas que querem ditar o que é certo e o que errado… Peraí sei que vivemos em uma falsa democracia onde na época de campanha eleitoral os jornalistas não podem mais dar opinão sobre política, mas agora querem censurar o direito dos humoristas manisfestarem o seu humor seja ele ácido e crítico como de Rafinha Bastos e outros que existem por aí ou já nunca repararam que vários outros humoristas já rídicularizaram vários esterotipos de mulheres e homem de forma bem ácida? Mas ninguém nunca prestou atenção, aliás o povo nunca presta atenção em nada a maior prova disso é a pessoa que elege sempre o mesmo político e ainda na gestão do próprio fala mal dele, mas chega na época de iras urnas adivinha em quem ela sempre vota??? Acho fácil denegrir a imagem de uma pessoa talentosa sobre tudo muito inteligente que está fazendo sussesso no que faz atualmente, querem rotular o Rafinha, colocar palvras na boca dele é isso que estam fazendo, pois se o cara faz uma piada não significa que ele é a favor do estupro, mas acho que deve ser muito dificil separar a realidade de uma encenação, pois o Rafinha Bastos é humorista e isso lhe cabe também a profissão de ator e a maior prova disso que o povo (ignorante) não sabe distinguir realidade da ficção foi quando o ator Jacson Antunes que vivia o personagem Léo na novela A Favorita, ele estava com uma de suas pernas debilitada por algum motivo não explicado, mas apenas o que foi dito na época na Rádio Globo que ator saindo de sua casa foi surpreendido por uma pessoa que lhe deu uma paulada na perna e para má sorte do ator foi justamente na sua perna debilitada.
Agora para vocês verem esse protesto rídiculo contra o Rafinha não merece o minimo de atenção, pois da mesma maneira que a pessoa que agrediu o Jacson Antunes confundiu a realidade om a ficção essas pessoas que não conseguem compreender a piada do Rafinha também não sbem distinguir o mundo real dos palcos teatrais.

OBS: ELES SÃO LOUCOS ACREDITEM!!!!! PRECISAM URGENTEMENTE DE UM TRATAMENTO PSÍQUICO, POIS CONFUNDIR A REALIDADE COM A FICÇÃO PODE SER PERIGOSO E ATÉ UMA AMEAÇA PARA A SOCIEDADE DE OAS FACULDADES MENTAIS.

6 06 2011
Thaty

Desculpem-me os erros gramaticais e de português.

8 06 2011
Nadia

As piadas contadas pelos políticos nos jantares caríssimos que eles frequentam com o nosso dinheiro devem ser realmente hilárias. Aposto que nenhum de vcs acharia essas piadas engraçadas se as ouvissem. Se sentiriam lesados, desrespeitados.

Ari Toledo, Costinha e outros tiraram sarro de mulher feia, de negro, de judeu, de tudo quanto é característica pessoal. NENHUM DELES INCITOU O ESTUPRO.

Eu não consigo achar graça em piada de estupro. Eu já fui estuprada. Quem fez isso comigo deu risada da minha cara. Disse que se eu quisesse mais, era só pedir. Que se não pedisse também me daria mais. Resolveu me mostrar que isso era verdade e me estuprou de novo. Não parava de rir. Gozar deve ser realmente ótimo, eu nunca consegui.

Isso não é engraçado, isso me feriu. Eu não posso mais ter filhos. Eu acreditei que não deveria contar pra polícia pq isso é “normal”, tantas mulheres passam por isso. meus pais tiveram um puta trabalho comigo, eu fui pra delegacia arrastada. Se fazer piada sobre estupro é normal, estuprar tbm deve ser. Né?

Tirem algo extremamente importante, algo de que vcs realmente gostem, da vida de vcs. Digamos o sexo e a habilidade de gerar vida. Digamos a habilidade de dar amor através de sexo. Cara, eu vou ter uma vida normal para sempre, menos nessa parte. Eu nunca mais vou fazer sexo pq eu não suporto a idéia de fazer sexo. Eu sou muito bonita. Se alguém mais me estuprar vai ser caridade tbm? Eu deveria ter agradecido ao cara que me estuprou por ter tirado o amor de mim, por ter tirado minha capacidade de engravidar?

Isso não foi engraçado. Não consido dar risada disso. Não consigo achar engraçado que homens achem que mulheres amamentando na rua queriam somente mostrar os peitos e mereçam ser estupradas por isso, já que é o que elas querem.

Tá, o Rafinha Bastos não disse isso em momento nenhum. Mas se eu consegui fazer essa conexão… qualquer homem com menos sensibilidade e respeito às mulheres consegue. Rafinha Bastos abriu premissa pra esse tipo de interpretação por parte de qualquer um.

Desculpem. Eu não acho graça. Meu pai não acha graça. Minha mãe não acha graça. Eu não tenho namorado, senão ele tbm não acharia graça.

Descubram quantas mulheres bonitas ou feias foram estupradas. Descubram quantas delas acham graça. Os números assustam….

10 06 2011
Hilda

Esse Rafinha Basto é um pseudo-humorista, fabricado e pronto para agradar a classe média ou aqueles idiotas que perdem o tempo assistindo a este programa
pseudo-intelectual chamado “CQC”.
E não venham agora querer botar o “governo”, a câmara ou que merda for em questão, só para defender esse playboy pseudo-humorista de merda!
Se quiserem falar : “Por que vocês não falam contra as barbaridades que os políticos falam e fazem contra você ou contra a sociedade?” Sugiro que debatam em um local propício, pois o assunto em questão aqui, são os comentários e atitudes desse Rafinha Bastos.

23 06 2011
Tabs

A Band deveria mandar o Rafinha Bastos pra fazer o próximo “A Liga” na Líbia. E se a gente tiver sorte ele acaba encontrando uma tropa cheia de graça do Kadafi. Aposto que ele vai achar super engraçado.

9 07 2011
jhon

engraçado como todo mundo gosta de julgar as pessoas ate parece q vcs nunca erraro, o problema e que só basta alguem começar a tomar as dores todo o mundo dar uma de inocente pra julgar, pare e pesse sera q vc nunca tirou onda com ninguem será q essa pessoa não ficou triste?? você não sabe ficou com a pessoa prejuldicada até a hora dela ir para casa

11 07 2011
Zhu Sha Zang

Quando vão pixar na casa dos deputados, senadores, ministros e presidentes que cagam e andam na nossa cara todos os dias?

4 08 2011
Xerife

Esse babaca do rafinha e todo pessoal do cqc incluindo o otario do carequinha e o pessoal do panico não respeitam nem a autoridade máxima do país, quanto mais as mulheres feias e os pobres, por isso vamos fazer um abaixo assinado para uma Lei de censura para todos esses e outros que falam merda na televisão, rádio, jornal e no caralho a quatro e assim mudar isso.

5 08 2011
zeriu

rafinha otario de sua mulher para ser estupradae

30 08 2011
bruna

pixar e a maior besteira do mundo aff!!

7 10 2011
Alzira

Eu achava o Rafinha uma cara inteligente e legal por acompanhar suas matérias em A LIGA, o CQC um dia assisti um pouco, achei uma besteira e nunca mais olhei, mas essa piada fez com que a admiração que sentia por ele fosse pro ralo pq ja seria um desrespeito falar que comeria a menina mesmo se ela fosse solteira o que nao é o caso agora ele falar dela e do bebê pelo amor de Deus o que é isso? Cadê a noção dele? Deve sim ter punição, eu me senti ofendida por ver o video, se fosse de mim certamente meu marido resolveria na porrada eu sei que violência nao leva a nada mas um cara que fala de estupro a mulheres feias e fala de uma mae que carrega um bebê, um inocente no ventre é muito desumano isso, e ele ainda fez video mostrando que nao ta nem ai pra punição ou seja, ele nem deve ter se arrependido do que falou e ainda por cima deve ta axando ridicula toda essa midia em cima dele por isso..Sinceramente Rafinha vc tem que rever seus conceitos, infelizmente aquela imagem de jornalista legal e profissional que vc passava na liga foi pro esgoto, para e pensa que uma frase estraga a admiração da pessoas que certamente vc demorou pra construir. Acho sim que a punição foi bem feito e acho tambem que mereceu a pixação, deveria fikar pixado na testa dele pra sempre inclusive…
RAFINHA BASTOS MAL CARATER, GRANDE DECEPÇÃO!!!

(Desculpem os erros de Português mas isso não é uma redação de ENEM e sim um desabafo de uma pessoa indignada com o absurdo que esse cara falou)

19 01 2012
Como se faz uma boa piada sobre abuso sexual? | MISSING PUNCHLINE

[...] Camargo, mas a meu ver ele se referia ao seu infame texto sobre estupro a mulheres feias e à repercussão negativa do caso. Porque no CQC, se não me engano, ele não disse “vou estuprar ela e o [...]

11 11 2012
Rafael Mota Pacheco

Quando é que vão entender que achar graça na desgraça não é para se levar a sério dessa forma? Vocês também proibiriam Jorge Amado de escrever Gabriela? O que dizer de um personagem que mesmo sem ter a intenção divertiu o povo com a marca “essa noite eu quero lhe usar”? Quer algo mais machista que isso? Mesmo assim virou piada no Facebook. Quando vão entender que o stand up apesar de em sua essência dizer que não se apresenta com personagens, o comediante é um personagem de si mesmo? Alguns tomam as piadas como verdade, quando o próprio humorista não o faz. Piadas não são opiniões e nem o reflexo delas, eu não acredito que loiras e portugueses são burros e nem que a maioria dos corintianos sejam bandidos, tão pouco que os gaúchos são todos gays. Essa falta de maturidade e discernimento para distinguir essas coisas é muito preocupante. Realmente há aqueles que se preocupam em denegrir alguém ou uma classe e usam de humor duvidoso para isso, mas não é isso que tenho visto em Rafinha Bastos e não enxergar essa diferença me parece falta de maturidade. De todas as apresentações dele que já vi, a pessoa que mais vezes é zoada, achincalhada é ele mesmo, ou sua própria figura, ao menos a que ele construiu de si mesmo de forma a parecer engraçada de forma inusitada, porque é o inusitado, o inesperado que desperta a graça, se ele dissesse sobre estupro o que era esperado, que é feio, abominável que graça isso teria? O humor inverte papéis pra que você ache graça até da desgraça, claro que só tem graça porque é piada, hipotética, não tem a pretensão e nem função de inspirar um comportamento real, assim como o criador de Papa-léguas não quer que você jogue seus rivais de montanhas ou os esmague das mais variadas formas. Queriam que ele dissesse o óbvio sobre estupro, ou queriam que estupro fosse um tabu a não ser pronunciado se não for referindo-se a seus aspectos reais? Se eu quiser inventar uma situação irreal sobre estupro, por favor tratem-na como ela é, uma situação irreal, que não tem a pretensão de ser concreta. Se eu contar uma história de uma mulher que depois de ser estuprada passava todos os dias na mesma rua na mesma hora pra ver se repetia o acontecido, o que vocês diriam? Me processariam? Pois desculpem desaponta-los mas essa não é uma história minha, é uma história verídica. No entanto ela é tão esdruxula, uma exceção tão absoluta e absurda que não serve de exemplo, que só pode tomar o ar de piada. Porém, a piada mesmo, vocês incitem em tomar como verdade. Amadureçam, e como disse madre Tereza, não seja contra algumas coisas, seja a favor de outras, não seja contra guerra, seja pró paz, parem de lutar contra o que não é seu inimigo ou é somente reflexo dele e comecem a fazer algo que realmente contribua para o crescimento das causas que vem tentando proteger. Para ser sincero eu não gosto de humor extremamente depreciativo, e gosto muito pais de observações curiosas como quando o Rafinha analisou a musica do “nana nenê”, já cheguei a usar em aplicações para sermão em igreja. Mas o fato de eu não gostar, ou ao menos não preferir, não deveria priva-lo de faze-lo, antes prefiro exercitar o meu bom senso em distinguir ficção do que é realidade, e stand up é ficção que finge ser realidade, assim como quase toda ficção, mas de uma forma que muitos parecem ainda não ter assimilado.

8 10 2013
Marina Terra

Conspiração judaica tupiniquim contra os negros afrobrasileiros
A GLOBO ditadura Vanda lista da comunicação, leviana ardilosa e racista inimiga do povo brasileiro. No Brasil os judeus monopolizam a TV discriminam e humilham as mulheres negras?A MeGaLOBO RACISMO? A violência do preconceito racial no Brasil personagem(Uma negra boçal degradada pedinte com imagem horrenda destorcida é a Adelaide http://globotv.zorra-total/v/adelaide-e-briti-pedem-dinheiro-no-metro/, do Programa Zorra Total, TV Globo do ator Rodrigo Sant’Anna? Ele para a Globo e aos judeus é engraçado, mas é desgraça para nós negros afros indígenas descendentes, se nossas crianças não tivessem sendo chamadas de Adelaidinha ou filha, neta e sobrinha da ADELAIDE no pior dos sentidos, é BULLIYING infeliz e cruel criado nos laboratórios racistas do PROJAC (abrev. de Projeto Jacarepaguá da Central Globo de Produção) da Rede Globo é dominado por judeus diretores,produtores e apresentadores ( OBS. alem destes judeus e judias citados existem centenas de outros e mais de 200 atores, atrizes, comediantes, artistas e apresentadores judeus e judias e milhares de empregados e colaboradores da ” Rede Globo Judaica Midiática Brasileira” )como Arnaldo Jabor,Carlos Sanderberg ,Luciano Huck, Jairo Bouer,Luis Erlanger,Marcos Losekann,Marcius Melhem e Leandro Hassum,Vladimir Brichta,Tiago Leifert,Pedro Bassan, Pedro Bial,William Waack,William Bonner & Fátima Bernardes,Ernesto Paglial & Sandra Annenberg, Pedro Doria & Leila Sterenberg, Mateus Solano& Paula Braun,Mônica Waldvogel,Renata Malkes,Sandra Passarinho,Amora Mautner, Lillian W. Fibe,Esther Jablonski,Glenda Kozlowski, Leila Neubarth,Beatriz Thielmann,Gilberto Braga,Wolf Maya, Mauro Halfeld ,Mário Cohen,Ricardo Waddington,Max Gehringer ,Maurício Kubrusly,Mauro Molchansky,Maurício Sirotsky,Marcelo Rosenbaum,Michel Bercovitch,Fábio Steinberg,Carlos de Lannoy,Roberto Kovalick,Guilherme Weber, Régis Rösing,Caio Blinder,Daniel Filho,Gilberto Braga, Gilberto Leifert, Gilberto Dimenstein ,Walcyr Carrasco,Carlos H. Schroder e o poderoso Ali Kamel diretor chefe responsável e autor do livro Best seller o manual segregador (A Bíblia do racismo,que irônico tem por titulo NÃO SOMOS RACISTA baseado e num monte de inverdades e teses racistas contra os negros afrodescendentes brasileiros) E por Maurício Sherman Nisenbaum (que Grande Otelo, Jamelão , Luis Carlos da Vila e Geraldo Filme chamavam o de racista porque este e o Judeu sionista racista Adolfo Block dono Manchete discriminavam os negros)responsável dirige o humorístico Zorra Total Foi dono da criação de programas e dos programas infantis apresentados por Xuxa(Luciano Szafir)e Angélica(Luciano Hulk) ambas tendo seus filhos com judeus,apresentadoras descobertas e lançadas por ele no seu pré-conceitos de padrão de beleza e qualidade da Manchete TV dominada por judeus sionistas,este BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO da Globo. Humilhante absurdo e desumano que nem ADOLF HITLER fez aos judeus mas os judeu sionistas da TV GLOBO faz para a população negra afro-descendente brasileira isto ocorre em todo lugar do Brasil para nós não tem graça, esta desgraça de Humor racista criminoso, que humilha crianças é desumano para qualquer sexo, cor, raça, religião, nacionalidade etc. o pior de tudo esta degradação racista constrangedora cruel é patrocinada e apoiada por o Sr Ali KAMEL fascista sionista (marido da judia Patrícia Kogut jornalista do GLOBO que liderou dezenas de judeus artistas intelectuais e empresários dos 113 nomes(Manifesto Contra as contra raciais) defendida pela radical advogada Procuradora judia Roberta Kaufmann do DEM e PSDB e o Senador Demóstenes Torres que foi cassado por corrupção)TV Globo esta mesma que fez anuncio constante do programa (27ª C.E. arrecada mais de R$ 10,milhões reais de CENTARROS para esmola da farsa e iludir enganando escondendo a divida ao BNDES de mais de 3 bilhões dólares dinheiro publico do Brasil ) que tem com o título ‘A Esperança é o que nos Move’, show do “Criança Esperança”de 2012 celebrará a formação da identidade brasileira a partir da mistura de diferentes etnias) e comete o Genocídio racista imoral contra a maior parte do povo brasileiro é lamentável que os judeus se divirtam com humor e debochem do verdadeiro holocausto afro-indigena brasileiro o Judeu Sergio Groisman em seu Programa Altas Horas e assim no Programa Encontro com a judia Fátima Bernardes riem e se divertem.(A atriz judia Samantha Schmütz em papel de criança um estereótipo desleal e cruel se amedronta diante aquela mulher extremamente feia) para nós negros afros brasileiros a Rede GLOBO promove incentiva preconceitos raciais que humilha e choca o povo brasileiro.Organização Negra Nacional Quilombo ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil – quilombonnq@bol.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: