OMB/ORDEM DE CÚ É ROLA!!!!!

3 08 2011

Eu não conheço bem a OMB – ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL, mas posso garantir que o que ouvi até hoje sobre ela não foram coisas nada boas. Já me falaram sobre isso desde camaradas músicos como eu, até uma letra e música da banda Mundo Livre S/A, escrita pelo Fred 04. Faço minhas as palavras dele: “Quem precisa de ordem… pra escrever, pra cantar, pra viver, pra amar???”.

A “ordem” e o “progresso” estão escritas na bandeira brasileira desde que eu nasci, talvez mais uma prova de que não precisamos dessa talordem que “eles” sugerem. E como dizia meu velho amigo Raul dos Santos Seixas: “Tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado se quiser voar…”. Tá na hora disso cair.

Segue post do site do Galldino (http://www.galldino.com), da banda O Teatro Mágico sobre boas notícias em relação a OMB (prima-direta do ECAD):

Por unanimidade, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta segunda-feira (1º) que o músico não precisa ter registro em entidade de classe para exercer sua profissão.

Os ministros julgaram o caso de um músico de Santa Catarina que foi à Justiça ao alegar que, em seu Estado, ele só poderia atuar profissionalmente se fosse vinculado à Ordem de Músicos do Brasil.

Em diversos locais do Brasil, músicos são obrigados a apresentar documento de músico profissional — a “carteirinha de músico” — para poder se apresentar.

A decisão vale apenas para o caso específico, mas ficou decidido que os ministros poderão decidir sozinhos pedidos semelhantes que chegarem ao tribunal. Ou seja, se o registro continuar a ser cobrado, será revertido quando chegar no tribunal.

Para a ministra Ellen Gracie, relatora da ação, o registro em entidades só pode ser exigido quando o exercício da profissão sem controle representa um “risco social”, “como no caso de médicos, engenheiros ou advogados”, afirmou.

O colega Carlos Ayres Britto disse que não seria possível exigir esse registro pois a música é uma arte. Ricardo Lewandowski, por sua vez, chegou a dizer que seria o mesmo que exigir que os poetas fossem vinculados a uma Ordem Nacional da Poesia para que pudessem escrever.

Já o ministro Gilmar Mendes lembrou da decisão do próprio tribunal que julgou inconstitucional a necessidade de diploma para os jornalistas, por entender que tal exigência feria o princípio da liberdade de expressão.
Fonte: Folha.com





CARLOSCARLOS BATE-PAPO COM NINJA SOBRE A CONFERÊNCIA NACIONAL DE MÚSICA E AFINS

20 01 2010

CarlosCarlos, no dia 18/01/10 foi à Funarte acompanhar e participar da eleição dos três delegados que representarão São Paulo na Conferência Nacional da Música em 2010. Nesse vídeo conversou com Ninja, músico da banda Reunião da Tribo e membro do MPB – Movimento Música Pra Baixá. O VídeoBlog Bola e Arte foi o único veículo de mídia cobrindo o acontecimento. Porque será??? Veja o vídeo:

O BOLA E ARTE É PLENAMENTE A FAVOR DA LIVRE MÚSICA, DO LIVRE PENSAMENTO, DO LIVRE CORAÇÃO, DA LIVRE ARTE, DA LIVRE VIDA!!! ESTAMOS CHEGANDO, AOS POUCOS ESTAMOS CHEGANDO.

CarlosCarlos








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 51 outros seguidores