TRAILER DO DOCUMENTÁRIO “QUEBRANDO O TABU” SOBRE A QUESTÃO DA POLÍTICA DE DROGAS NO MUNDO

30 05 2011

Agora a noite está bombando nas redes sociais um tema que envolve várias questões: política, drogas, usuário, família, maconha, crime, favela, playbozada, liberação, regulação, baseado, sociedade, tratamento, Brasil etc,etc e etc. ESTAMOS TODOS ENVOLVIDOS.

O motivo desse “boom” é uma reportagem do Fantástico, programa dominical da Rede Globo de Televisão, sobre um documentário que ainda vai estrear, intitulado “Quebrando o tabu”. Nele, nomes como o ex-presidente do Brasil FHC – Fernando Henrique Cardoso, o ex-presidente dos EUA Jimmy Carter, o escritor Paulo Coelho e o médico Dráuzio Varella expõem as suas idéias sobre a questão da política de drogas no Brasil e no mundo.

Como eu ainda não sei muitas informações sobre o doc e muito menos o assisti, não posso nesse momento detalhar o seu conteúdo. O que posso dizer é que quero assistir para aí sim colocar as minhas opiniões sobre.

A seguir disponibilizo o trailer do doc, a princípio senti falta de “gente comum” expressando suas opiniões, acredito que é falha em qualquer obra deixar de fora o povão, suas crenças, suas idéias. Mas como eu disse logo acima, não sei se o que estou falando é fato, é uma opinião apenas do que eu vi no trailer.

Segue:

E vc, é a favor da mudança da política de drogas no Brasil???





MARCHA DA LIBERDADE PROIBIDA: COMO ASSIM???

28 05 2011

Na semana passada expressei minha perplexidade ao saber que a Marcha da Maconha havia sido proibida pelo Ministério Público. Mesmo assim, estive lá, trabalhei, fiz minha cobertura pra TVT.

Durante toda essa semana o Twitter foi permeado pela hashtag #marchadaliberdade, se referindo a Marcha prevista para esse sábado, 28/maio/11, as 14hs, na Avenida Paulista. Só que dessa vez a parada é outra, tem um outro viés. A idéia é marchar e lutar pela liberdade de expressão, com a participação de diversas causas e movimentos sociais atuando em conjunto, o que é maravilhoso!!! Temos que ter o simples direito de nos expressar!!! Sem isso, não somos nada.

Aí que agora a noite eu recebo a informação que a Marcha foi proibida mais uma vez. Perplexidade. Realmente difícil de acreditar. O que está acontecendo??

Ou seja, mesmo com a vergonha alheia (apesar de não acreditar que eles sentem vergonha) que a polícia passou semana passada, após agredir violentamente manifestantes que protestavam pacificamente, a justiça vem novamente com a sua cegueira de costume para coibir e proibir o ATO. TUDO PELA ORDEM. TUDO PELO PODER.

Só posso lamentar tal censura e proibição e afirmar que estarei presente mais ainda ao saber dessa notícia. Por um lado é bom isso acontecer pois quanto mais violência a polícia e o Estado utilizarem, mais rápida as máscaras deles vão cair. Mais velozmente o véu de hipocrisia que se esconde no cotidiano vai cair, então eles que venham com suas já conhecidas brutalidades e insanidades ditatoriais!!!

O que eu quero é paz na terra e no coração dos homens e mulheres. Mas as vezes, pra chegarmos na paz, precisamos passar por dolorosos sofrimentos. Espero que esses sejam mais passos para alcançarmos a vitória e definitivamente deixarmos pra trás tanta hipocrisia!!!

Agora segue texto com o comunicado da proibição, extraído do linque http://jovempan.uol.com.br/:

O Ministério Público do Estado de São Paulo conseguiu nesta sexta-feira liminar do Tribunal de Justiça que proíbe a realização da Marcha da Liberdade, programada para acontecer às 14h deste sábado, no vão livre do Masp, na avenida Paulista. A decisão do desembargador Paulo Antonio Rossi estende os efeitos da liminar concedida na última semana contra a Marcha da Maconha.

No pedido, o Ministério Público demonstrou que “a Marcha da Liberdade disfarçava um movimento em favor do consumo de entorpecente, em estratégia formulada após a proibição da Marcha da Maconha”. O pedido de liminar foi feito pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão aos Crimes previstos na Lei Antitóxico (Gaerpa).





ATO DA ANT E MARCHA DA MACONHA: FUTEBOL E MACONHA NAS LUTAS SOCIAIS

24 05 2011

E foi ao ar ontem, dia 23/maio/2011, na TVT – Tv dos Trabalhadores (tvt.org.br) uma vídeorreportagem que eu fiz de duas importantes manifestações: uma foi o ATO DA ANT – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS TORCEDORES, movimentação que o Projeto Bola & Arte faz parte e a outra foi a Marcha da Maconha. As duas ocorreram no sábado, debaixo do vão livre do MASP na Avenida Paulista, a primeira iniciou-se as 10hs e a da maconha as 14hs.

A vídeorreportagem foi editada de forma conjunta, algo que eu considero importante, pois acredito que os movimentos sociais devem se unir cada vez mais, vemos muitas ações isoladas, imagine quando se tornar frequente vários movimentos apoiarem a causa de outros e por aí vai… temos que estar juntos.

No caso da parte da Marcha da Maconha, fui bastante prejudicado na edição pois praticamente todas as sonoras/entrevistas que eu realizei tiveram grandes problemas no áudio, logo, não puderam ser utilizadas. Já na parte da ANT, o áudio não apresentou problemas.

Na parte da Marcha da Maconha, eu tive que fazer tudo em OFF (locução) para narrar os acontecimentos, ou seja, tivemos que improvisar por conta dos problemas técnicos. Mas acredito que a essência está lá, não tem muitas imagens do momento que a polícia veio pra cima, mas acredito que a internet já está farta de imagens nesse sentido.

Errata: no fim da matéria eu falo que “no domingo a Paulista virou uma praça de guerra“.. mas na real foi sábado, confundi.. mas também acredito que isso não tenha muita importância… haha.

Espero que vcs curtam e entendam a necessidade e a importância dos movimentos sociais caminharem unidos!!!

Não deixem de deixar seus comentários aqui no blog!!!





MEU RELATO SOBRE A MARCHA DA MACONHA EM SP – 21/MAIO/2011

21 05 2011

Hoje eu fui cobrir pra TVT a MARCHA DA MACONHA, manifestação em prol de chamar a atenção para uma outra discussão em relação a política de drogas no Brasil (mais infos em http://marchadamaconha.org/).

Desde a noite de ontem, conforme foi informado aqui nesse blog, uma liminar proibiu a realização da Marcha, num claro sinal de repressão e da “ditadura democrática” que vivemos em nosso país. Sendo assim, a organização da Marcha mudou o caráter do Ato e ao invés de MARCHA DA MACONHA eles realizaram uma MARCHA PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

E assim, mesmo com a proibição, muitas pessoas se concentraram debaixo do vão livre do MASP, na Avenida Paulista em São Paulo, entoando cânticos, reivindicando, se manifestando. Os policiais estavam de olho e disseram que tudo o que fizesse alusão a maconha, como cartazes, figuras, gritos, fotos etc,etc seria reprimido. Os manifestantes, precavidos, colocaram fitas crepes em cima das figuras dos cartazes, da palavra “maconha” das camisetas, enfim, qualquer coisa que poderia lhes complicar.

E assim foram as ruas. Instantaneamente o clima começou a ficar realmente tenso e um manifestante foi preso. Ouvi dizer que foi porque este estava distribuindo jornais da MARCHA DA MACONHA. Preso por distribuir jornal???

Daí pra frente a coisa toda só foi piorando e a polícia utilizou de sua truculência habitual, soltando bombas de efeito moral e balas de borracha nos manifestantes. O bicho começou a pegar, o pau começou a comer.

Eu já participei de várias manifestações  e já tinha tido contato com as tais bombas, mas dessa vez foi complicado mesmo. No meio da confusão, me vi bem no meio de uma nuvem de fumaça (não de maconha, mas de gás de pimenta) que havia acabado de se soltar no ar e num golpe de buscar fôlego na correria, respirei fundo.. aí pronto: foram minutos de tontura, muitas lágrimas nos olhos, garganta seca e olhos que eram pura pimenta. Essa foi minha história mas todo mundo que estava ali passou por maus bocados.

O saldo disso?? Acredito que seja kilômetros e litros de ignorância despejados por um governo ultra-conservador do Estado de SP, que tem a sua polícia a disposição para reprimir com uma covarde violência o que eles dizem ser “contra a ordem, a moral e os bons costumes”. Parece mesmo que bons costumes pra eles é manter os pobres sempre segregados.

A violência foi extremamente covarde, pois em nenhum momento os manifestantes foram pra cima dos policiais, só o que fizeram foi protestar, gritar, falar, se expressar, mas parece que isso também é proibido aqui em SP. É triste. Estou até agora me recuperando disso tudo, mas ao mesmo tempo penso que É MOMENTO DE AVANÇAR!!! MOVIMENTOS SOCIAIS, UNI-VOS!!! ELES ESTÃO PERDENDO FORÇA E A BABILÔNIA AINDA VAI CAIR!!!

Recebi via twitter um vídeo da repressão policial, coincidentemente eu apareço em várias partes, eu estava vestido com uma camisa xadrez roxa e preta, com uma câmera na mão. Foram nesses momentos que o episódio da bomba aconteceu comigo.

Assistam, tirem suas próprias conclusões e pensem, reflitam, se isso é o que queremos pra nossa sociedade. Deixem suas opiniões aqui no blog que elas são a essência do nosso trabalho.

Segunda-feira vai pro ar a vídeorreportagem que eu gravei pra TVT, e claro, ela será disponibilizada aqui no VídeoBlog Bola & Arte. PAZ NA TERRA.





ESPECIAL PRO BOLA & ARTE: DABLIUEME ENTREVISTA JIMMY LUV

30 01 2011

Um salve a todos!!!
Voltando de férias com a família, aqui estou mais um dia!!! Lutando e correndo por melhoria nesse planeta!!!
E já vamos começando com força total, disponibilizo a seguir o vídeo que o meu camarada e músico DabliuEme (ou WM), de Itapetininga, gravou com o grande JimmyLuv!!!
A brincadeira que eu combinei com o WM foi dele ser tipo um correspondente do VídeoBlog Bola & Arte e fazer essa parada com o Jimmy, já que este foi tocar na festa que o WM organiza por lá.
Vale a pena assistir esses dois caras de talento trocando idéia!!! Se liga:






Trailer: Mr Niterói – A Lírica Bereta

2 12 2010

Esse doc, “Mr Niterói – A Lírica Bereta”, que estréia em 2011, eu quero ver… primeiro porque desde os meus 16 anos, lá em 1996, eu era muito ligado na minha banda favorita, chamada PLANET HEMP, a qual o Gustavo fazia parte. Segundo porque o Gustavo, mais conhecido como Black Alien, é um cara intrigante e talentoso e que joga pra gente transcendentalismos oriundos de uma mente extremamente particular… e terceiro porque hoje a gente se conhece e eu torço pra esse cara cada vez mais descobrir a verdadeira força que tem e assim voar sem destino a volta… tem uma fala do Rappin Hood nesse trailer que diz assim: “Talvez ele não saiba o tamanho dele”… é por aí que eu quero dizer.

Além disso, teve algo que me deixou muito satisfeito e que aconteceu nesse ano de 2010.. conversando com ele por telefone, ouvi a seguinte frase: “Você é um dos caras mais inteligentes que eu conheço!!”… sem palavras ao ouvir isso, ele estava falando sobre CarlosCarlos e o Programa Bola & Arte, que que ainda carece de muito reconhecimento, mas talvez só os loucos de verdade entendam e se identifiquem…

Conforme muito de vcs já sabem, em 2009 eu gravei uma temporada do Programa Bola & Arte no Rio e teve um episódio épico com o Black Alien lá em Niterói, dividido em 4 blocos.. sendo assim, deixo vcs primeiro com o trailer do documentário e depois com o Bola & Arte que ele esteve presente:

Segue o Programa Bola & Arte com Gustavo Black Alien:

Bloco 1:

Bloco 2:

Bloco 3:

Bloco 4:

E aí, o que acharam???

CarlosCarlos Bola & Arte





“ZeroVinteUm”, do Planet Hemp, é o retrato do Rio 14 anos depois

30 11 2010

Por conta de tudo o que está rolando no Rio de Janeiro, lembrei da música “ZeroVinteUm”, da extinta banda Planet Hemp, que fazia parte do álbum “Os cães ladram mas a caravana não para”, gravado em meados de 96 e lançado em 1997.

É impressionante como a 14 anos atrás os caras fizeram uma letra que continua servindo perfeitamente para a situação no Rio de Janeiro hoje em dia.. tem tão a ver, que eu preferi escolher um vídeo do YouTube só com áudio e uma imagem fixa, para que vcs possam refletir bem no que as palavras dizem.

Em 96 também foi o ano que fundei a primeira banda da minha vida, o “Banzais”, a gente tocava um rapcore (rap com rock) e eu tinha 16 anos. As letras eram todas minhas com uma ou outra parceria em alguma música. Além disso, tocávamos alguns “covers”, como “CocoDub”, do Chico Science e Nação Zumbi, “Mó treta”, do Thaíde & Dj Hum e a própria “ZeroVinteUm”, do Planet.

Planet Hemp foi a minha banda preferida na adolescência com certeza. As letras com cunho social e a pegada rapcore me empolgavam bastante. Me lembro de um show deles que fui, no Olímpia, em 1996, quando a banda ainda não era tão conhecida, que tinha polícia pra todo lado, todo mundo que foi naquele show foi enquadrado!!!

Hoje, anos depois, continuo ouvindo o som do B Negão e do Black Alien, dois caras que eu conheço e já participaram do Programa Bola & Arte.

Mas enfim, reflitam nesse som comparando com a atual situação do Rio de Janeiro, mais abaixo eu disponibilizo a versão escrita da letra, abs,

CarlosCarlos Bola & Arte

Segue a letra da música “ZeroVinteUm”:

Rio, cidade-desespero, a vida é boa mas só vive quem não tem medo

Olho aberto, malandragem não tem dó

Rio de Janeiro, cidade hardcore

E arrastão na praia não tem problema algum, chacina de menores aqui, 021

Polícia, cocaína, Comando Vermelho, Sarajevo é brincadeira, aqui é o Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, demorô, é agora, pra se virar tem que aprender na rua o que não se aprende na escola

Segurança é subjetiva, melhor ficar com um olho no padre e outro na missa

Situações acontecem sobre um calor inominável, beleza convive lado a lado com um dia-dia miserável

Mas mesmo assim, não troco por lugar algum, já disse: “esse é o meu lar. Aqui, 021″

Cuidado pra não se queimar na praia do arrastão… É… Rio de Janeiro

A cidade é maravilhosa mas se liga, mermão… É…Rio de Janeiro

Aqui fazem sua segurança assasinando menor… É…Rio de Janeiro

Então fica de olho aberto malandragem não tem dó… É…Rio de Janeiro

É muito fácil falar de coisas tão belas, de frente pro mar, mas de costas pra favela

De lá de cima é que se vê o enorme mar de sangue, chacinas brutais, porradas de gangue

O Pão de Açúcar de lá, o diabo amassou, esse é o Rio e se você não conhece, bacana, tome cuidado..

As aparências enganam, aqui a lei do silêncio fala mais alto

Te calam por bem ou vai pro mato

Mas de repente invadem a minha área, todos fardados, eu tô ficando loco, ou tem alguma coisa errada?

Brincando com a vida do povo, então se liga na parada

Porque hoje ninguém sabe, ninguém viu, um dia alguns se cansam e “pow!”, guerra civil

Pois como diz o ditado, quando um não quer dois não brigam mas já que cê tá pedindo, segura a ira

Porque a cabeça é fria, mas o sangue não é de barata

Esse é o Rio, mermão, veneno da lata.

How how how, faz o Papai Noel

Pow pow pow e nego não vai pro céu

Digo “V” de veneta, lírica bereta, Black Alien e família, soem as trombetas

Tomando de assalto a cidade que brilha

Mãos ao alto, vamos dançar a quadrilha

288 é formação de quadrilha Nome: Gustavo Ribeiro, a descrição do elemento, primeiro é o olho vermelho, na mente, no momento..

Como diz o Bispo, eu sou artista, esse é meu lixo

Acesso ao som, restrito aos peritos

O dialeto se dito é um perigo, amigo

Para o consumo da alma sem abrigo, o ritmo e a raiva, a raiva e o ritmo

E sobre o abismo, sem (?) eu cismo, com o auxílio eu toco o sino, Bum! Blim! Blim!

Cuidado pra não se queimar na praia do arrastão… É… Rio de Janeiro

A cidade é maravilhosa mas se liga, mermão… É…Rio de Janeiro

Aqui fazem sua segurança assasinando menor… É…Rio de Janeiro

Então fica de olho aberto malandragem não tem dó… É…Rio de Janeiro








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores