CARA DE BRASILEIRO COM ORGULHO!!!!

27 07 2011

Cara de cearense“… essa elite brasileira é pega no pulo sem nem ligar para o que diz, os pré-conceitos e discriminações estão arraigados nessa “massa material“, também conhecida como ricos e famosos.

Mas enquanto existir mil esposas de Marcos Paulos e mais mil Marcos Paulos, temos que ter nossos Xicos Sás, e que essa galera se prolifere mais e mais e mais…

Eu posso dizer que tenho e quero ter cara de brasileiro, cearense, piauiense, amazonense, manauara, paraense, capixaba, mineiro, paulista, paulistano, carioca, fluminense, maranhense, matogrossensse do sul etc,etc e etc…

Sou filho de piauiense com matogrossensse do sul com muito orgulho e com muito amor… os “pobres espiritualmente” não poderão nos abalar, somos mais!!!

A seguir reproduzo texto de Xico Sá, extraído do linque http://xicosa.folha.blog.uol.com.br/:

(mais abaixo assista um Programa Bola & Arte que eu gravei no fundo da minha casa, o “Especial Luiz Gonzaga”, logo no início eu falo sobre o fato de sermos todos brasileiros, nordestinos, índios com muito orgulho!!!).

A CARA DE CEARENSE E AS OUTRAS CARAS:

Por Xico Sá

Eu tenho cara de caririense do Crato, cara de cearense, cara de nordestino, cara de gente diferenciada e, segundo o norueguês da recente tragédia, cara de brasileiro disfuncional.

Tenho cara de judeu (como insinuaram em um bar de Beirute, Líbano) e cara de egípcio lóki -quando eu era mais bonitinho, me confundiram em uma taverna da Calle de la Cruz, em Madrid, com um egípcio, repare só, um design egípcio, o Karim Rashid.

Você tem cara de quê? A solene indagação vem a propósito da polêmica provocada pela legítima esposa do diretor global Marcos Paulo, a Antônia Fontenelle.

No twitter, a atriz, na maior cara de pau, respondeu a um texto do crítico Pablo Villaça, do site “Cinema em cena”, com o que ela imagina ser uma ofensa: o rapaz teria cara de cearense.

A crítica foi sobre o filme do maridão, que dirigiu “Assalto ao Banco Central”, baseado em fatos reais ocorridos, por coincidência, no Ceará.

Pablo Villaça é mineiro, mas poderia ser cearense, com muito orgulho, segundo o próprio.

Poderia ser cearense como a cantora Bjork é cearense, como o escritor John Updike é cearense, como o craque Iniesta (Barcelona) é o maior dos cearenses.

Como o Truman Capote é cearense desde pequenininho, a cara e a voz de cearense de Tracey Thorn, o Nicholas Cage tem muitas poses de cearense e até a Bette Davis, nas suas horas de bondade ou de maldade, foi mega cearense.

Duvidam? Então confiram aqui e agora no blog dos amigos Cearenses Internacionais.

E você, amigo(a), repito, tem cara de quê?

Segue o Programa Bola & Arte número 6, “Especial Luiz Gonzaga”:

BLOCO 1:

BLOCO 2:

E aí, curtiram???


Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: