CHARGE DO LATUFF SOBRE O “AMOR” DE PUTIN E DEPARDIEU: DILMA, VAMOS NOS INSPIRAR NO GOVERNO FRANCÊS E FAZER O MESMO NO BRASIL???

6 01 2013

Por CarlosCarlos

Bela charge do Latuff que mostra o “amor” entre o presidente russo Putin e o ator francês Gerard Depardieu, que pediu cidadania russa pra não ter que pagar o imposto de 75% para milionários franceses impostos pelo governo socialista vigente. Aí a gente pensa: “Ah, se no Brasil fosse assim… por que não Dilma??? (aí talvez os sanguessugas milionários vão embora de vez do país, e pàram de mamar nas tetas da nação, de fabricar riquezas às custas de muita exploração do povo pobre).

(Mais abaixo vc confere uma reportagem que explica o que ocorreu)

charge latuff obelix

A seguir uma reportagem do “Último Segundo” que fala sobre o caso:

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, concedeu na terça-feira a cidadania russa a Depardieu,uma figura popular na Rússia que se opôs publicamente ao novo imposto sobre milionários planejado pelo governo socialista francês.

Um porta-voz de Putin disse que o presidente se encontraria em particular com Depardieu em Sochi, um balneário no mar Negro. “Não está descartado que durante esse encontro Depardieu receba o seu passaporte”, disse o porta-voz Dmitry Peskov, segundo a agência de notícias local RIA.

A rádio Ekho Moskvy disse que tanto Putin, um ex-espião da KGB, como seu protegido primeiro-ministro, Dmitry Medvedev, estão em Sochi para as férias de fim de ano até o dia 9 de janeiro.

Getty Images

O ator francês Gérard Depardieu durante entrevista em Moscou, na Rússia, 2012

Depardieu já apareceu em diversos anúncios comerciais na Rússia, incluindo de um ketchup, e trabalhou lá em 2011 em um filme sobre o excêntrico monge russo Grigory Rasputin.

Leia também: Gérard Depardieu “devolve” passaporte francês após polêmica

O astro de filmes como “Cyrano de Bergerac” e “Green Card – Passaporte para o Amor” também foi uma das celebridades ocidentais convidadas em 2012 para comemorar o aniversário de Ramzan Kadyrov, o líder da Chechênia que é apoiado pelo governo russo.

A Rússia tem uma taxa fixa de imposto de 13%, ante o imposto planejado de 75% na França para os rendimentos superiores a 1 milhão de euros, defendido pelo presidente francês, François Hollande.

A proposta original de Hollande de introduzir o novo imposto foi derrubada pela Corte Constitucional em dezembro, mas o presidente prometeu manter a pressão pela nova taxa.

Leia também: Gérard Depardieu põe casa de Paris à venda e acirra polêmica

Desde o fim da Guerra Fria o governo russo costuma declarar apoio a ocidentais em desavença com seus governos como uma forma de rebater o que Putin diz ser críticas hipócritas do Ocidente ao tratamento dispensado pelo Kremlin a seus próprios cidadãos.

Um porta-voz de Depardieu em Paris não pôde ser localizado para comentar a informação sobre a viagem à Rússia.


Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: