SALVARAM A MÔNICA: E A JUVENTUDE POBRE DO BRASIL, QUEM SALVA???

14 11 2013

Por CarlosCarlos

A estátua da Mônica foi roubada. Comoção nacional. Choros e velas. Como pode uma peça tão valiosa ser roubada de rua tão igualmente valiosa?? Pois a estátua foi roubada na Rua Oscar Freire, e mexer com o Oscar Freire, ou a Oscar Freire, ou qualquer morador da região dos Jardins (a não ser os “empregados”), cuidado que a polícia vem. Pode ser a Mônica, a menina mais forte do mundo, mas não mexa, pois ela terá sim apoio policial. As autoridades acionarão a Força Tática e os desalmados que roubaram a estátua da dentucinha serão estraçalhados. Exagero???

Para entender o contexto geral do que aconteceu, acesse: http://migre.me/gDljW

monica 1

Vendo a foto acima, é inevitável a sensação de “algo errado”. Diariamente acompanhamos na cidade de São Paulo um verdadeiro extermínio da juventude pobre e negra, em grande parte causado pela própria polícia que salvou a Mônica. Acompanhamos milhares de pessoas sendo removidas de seus precários locais de moradias, acuadas e atacadas pela mesma polícia que salvou a Mônica. Vemos manifestantes serem duramente reprimidos e criminalizados, também pela mesma polícia que salvou a Mônica. Vemos a dor nos olhares de pessoas arrastadas por um sistema cruel e discriminatório, sistema esse protegido também pela mesma polícia que salvou a Mônica.

Agora, falando da “turminha mais amada do Brasil”, vemos crianças que, assim como o Cebolinha, falam errado e mal sabem ler e escrever por conta de uma educação bizarra que não valoriza nem o educador e nem o educando. Vemos outras crianças e jovens que não tomam banho, assim como o Cascão, pois não tem saneamento básico nos locais onde moram. Vemos também crianças e jovens negros, assim como o Jeremias, com medo de serem enquadrados, desrespeitados e mortos pela polícia do Estado! Vemos pessoas como o Humberto, com deficiências físicas ou intelectuais totalmente desassistidas por esse poder que chamam de “público”. Vemos jovens, que por tantas pressões e cobranças de um mercado opressor só querem ficar “loucos”, assim como o Louco da turma da Mônica. Ou pessoas em situação de rua que enlouqueceram de verdade por conta de tanta falta de direitos garantidos. E enquanto tudo isso acontece, a Magali, moradora da Rua Oscar Freire, está chorando com o sumiço da Mônica e comendo cereal com geléia no seu café da manhã, enquanto o Franjinha posa de cientista e brinca com todos os seus muitos brinquedos de última geração, e a pergunta que fica é: por que só a Magali e o Franjinha importam pro Estado e pra essa grande mídia mentirosa (que se preocupa com a Mônica, e mata jovem pobre por tabela)???

monica 2

Notem o carinho pelo qual a Mônica é transportada… encerro esse post com um comentário postado no meu facebook, pela camarada Jéssica Balbino, num post que eu fiz sobre o ocorrido:

“Essa foto é a personificação do descaso com o ser humano”.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: