SITUAÇÃO NA USP É CRÍTICA: TODA FORÇA POPULAR DEVE FORTALECER ESSA LUTA

27 08 2014

Por CarlosCarlos

A crise na USP – Universidade de São Paulo é caótica, preocupante e de responsabilidade direta do Governador Geraldo Alckmin e seus reitores, entre eles Rodas e Zago.

A visão de que tudo é mercadoria (e portanto, fonte de lucro para os larápios políticos e empresários envolvidos), seja esse “produto de venda” a Educação, a Saúde, o Transporte ou qualquer outro direito básico que vem sendo constantemente negados para a população, mostra um futuro nebuloso para o Brasil. Mas essa névoa pode se tornar LUTA.

Mostra que na atual conjuntura do capitalismo, os verdadeiros direitos do povo continuam sempre sendo negados, seja no âmbito Municipal, Estadual ou Federal. Enquanto não se mexer nos privilégios das elites tacanhas do Brasil (seja a velha ou a nova elite), nada mudará de verdade.

A Autonomia Popular só virá através de educação libertária, autogestão e enfrentamentos diretos.

Mesmo com tantas forças contrárias oriundas de privilégios concedidos nesse sistema desigual, estamos no processo, estamos analisando os melhores caminhos a se trilhar, estamos fazendo no dia a dia, mas ver a situação da USP nesse momento só me faz pensar que quem é da luta, mesmo com divergências, deveria saber se juntar para combater os inimigos. Nesse e em vários outros casos.

A seguir, reportagem que eu fiz no dia 26/08/14 pela TVT nos atos de protesto de trabalhadores e estudantes da USP:


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: