VOTAÇÃO DO MARCO CIVIL DA INTERNET FOI ADIADA MAIS UMA VEZ: QUEREM FECHAR A REDE DE QUALQUER JEITO!!!

30 09 2012

Mais uma vez foi adiada a votação do Marco Civil da internet. As tentativas de fechar a rede não cessam, por isso a participação popular é essencial nesse processo!!! POR UMA INTERNET CADA VEZ MAIS LIVRE!!!

Veja a reportagem que eu, CarlosCarlos, fiz e foi ao ar essa semana no Seu Jornal da TVT:





A MODA DO REAÇA – Post de Marcelo Rubens Paiva

24 05 2011

Achei bem interessantes as reflexões colocadas pelo texto abaixo, de fato estão acontecendo várias ebulições iniciadas via web, essa rede que muitas vezes escancara o que as pessoas tem dentro delas, sem ao menos se darem conta. Antes era mais difícil “pegar no flagra” pensamentos fascistas como o de Boris Casoy, no fim de 2010, quando menosprezou e humilhou os garis, quando o seu microfone estava aberto no Jornal da Band. Nesse caso, a internet ajudou a difundir, mas antigamente, era uma vez no ar e pronto, não dava pra ver mais, hoje fica na rede a disposição (confira abaixo o vídeo do áudio vazado e da hipocrisia do pedido de desculpas do apresentador).

Falei desse episódio do Boris Casoy pois no post abaixo tem uma lista de recentes insanidades faladas por gente famosa, mas o post é muito mais abrangente, leiam e tirem as suas próprias conclusões (ler as opiniões do Ed Motta é deprimente, é se dar conta de como existem seres humanos arrogantes e pequenos espiritualmente, é de desacreditar).

CarlosCarlos  – Bola & Arte

Reproduzo post do escritor Marcelo Rubens Paiva, extraído do linque http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/a-moda-do-reaca/

Como comentou uma leitora, Natália, no post anterior:

Cara, acho tão engraçada essa mania das pessoas de falarem com orgulho que são “politicamente incorretas” quando dizem absurdos… o sujeito vem, fala um monte de merda e diz que faz isso porque é inteligente (é um livre pensador, não segue o pensamento burro e dirigido das massas, etc) e porque não liga de ser “politicamente incorreto” porque afinal esse é o certo, a sociedade de hoje que está deturpada.

Eu tinha pensado na mesma coisa.

O governador e o secretário municipal de segurança reconheceram que tanto a PM quanto a Guarda Municipal exageraram na repressão à MARCHA DA MACONHA, que virou MARCHA PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

Alckmin chegou a dizer que não compactua com a ação da PM na Marcha.

Mas muitos leitores e alguns blogueiros continuam achando que o certo mesmo era enfiar o cacete nos manifestantes.

PMs que tiraram a identificação, para baterem numa boa.

A onda agora é ser bem REAÇA.

Se é humorista, e uma piada ultrapassa o limite do bom gosto, diz ser adepto do ideal do politicamente incorreto.

Que babaca é fazer censura contra intolerância.

Pode zoar com judeu, gay, falar palavrão, é isso, que se foda, viva a liberdade!

Se alguém defende a Marcha da Maconha, faz apologia, é vagabundo.

Se defende a descriminalização do aborto, é contra a vida.

Se aplaude a iniciativa da aprovação da união homossexual, quer enviadar o Brasil todo, país que se orgulha de ser bem macho, bem família!

Se defende a punição de torturadores, é porque pactua com terroristas que só queriam implodir o estado de direito e instituir a ditadura do proletariado.

Deu, né?

Esta DiogoMainardização da imprensa e da pequena burguesia brasileira tem um nome na minha terra: má educação.

Esta recusa ao pensamento humanista que ressurgiu após a leva de ditaduras que caiu como um dominó a partir dos anos 80 tem outro nome: neofascismo.

É legal ser de direita?

Tá bacana desprezar os movimentos sociais, aplaudir a repressão a eles?

Eu não acho.

Apesar de considerar o termo “politicamente correto”, do começo dos anos 90, a coisa mais fora de moda que existe, diante do que vejo e leio, afirmo: eu, aleijado com tendências esquerdizantes, não era, mas agora sou TOTALMENTE politicamente correto.

+++

Foi uma semana marcada pelo protesto da gente diferenciada e gafes nas redes sociais, que têm 600 milhões de vigilantes no Facebook e 120 milhões no Twitter. Postaram:

Rafinha Bastos, no dia das mães: “Ae órfãos! Dia triste hoje, hein?”

Danilo Gentili, sobre os “velhos” de Higienópolis que temem uma estação de metrô: “A última vez que eles chegaram perto de um vagão foram parar em Auschwitz.”

Amanda Régis, torcedora do Flamengo, time eliminado da Copa do Brasil pelo Ceará: “Esses nordestinos pardos, bugres, índios acham que têm moral, cambada de feios. Não é à toa que não gosto desse tipo de raça.”

Ed Motta, ao chegar em Curitiba: “O Sul do Brasil como é bom, tem dignidade isso aqui. Sim porque ooo povo feio o brasileiro rs. Em avião dá vontade chorar rs. Mas chega no Sul ou SP gente bonita compondo o ambiance rs.”

Quando um leitor replicou que Motta não era “um arquétipo de beleza”, ele respondeu que estava “num plano superior”. “Eu tenho pena de ignorantes como vc… Brasileiros…”, escreveu. “A cultura que eu vivo é a CULTURA superior. Melhor que a maioria ya know?”

E na MTV, a Casa dos Autistas, quadro humorístico, chocou pelo mau gosto.

Todos pediram desculpas depois. Danilo, um dos maiores humoristas de stand-up que já vi, recebeu telefonema do departamento comercial da Band, pedindo para tirar o comentário. Ed Motta se revoltou contra a imprensa. Pergunta se temos o direito de reproduzir seus escritos particulares.

A internet trouxe a incrível rapidez na troca de informações e espaço para exposição de ideias. Alguns se lambuzam. Dizem que são contra as patrulhas do politicamente correto.

Mas como ficam as domésticas ofendidas, os órfãos recentes, aqueles que perderam parentes em Auschwitz, os nordestinos e os pais de autistas?

Tomara que, depois do pensamento grego, democracia, Renascença, a revolução industrial e tecnológica nos iluminem. O preconceito não é apenas sintoma de ignorância, mas lapsos de um narcisista. Ele nunca vai acabar?

***

Enquanto no Itaú Cultural, um símbolo de excelência em apoio às artes e alta tecnologia, em plena Avenida Paulista, uma mãe foi expulsa por amamentar o filho em público na exposição do Leonilson, artista que sofreu inúmeros preconceitos, morto vítima da Aids.

Ou melhor, viadão que morreu da peste gay, porque era promíscuo, diriam os reaças.

Os ânimos estão acirrados.


AGORA ASSISTAM AOS VÍDEOS DO EPISÓDIO DO BORIS CASOY HUMILHANDO OS GARIS:





NOVO VÍDEO DO CANAL FUZZIL!!!

1 05 2011

Salve, salve a todas e todos, venho aqui divulgar mais um vídeo do Canal Fuzzil, do rapper Fuzzil, um cara atitude que tá metendo as caras botando pra frente esse projeto audiovisual na web.

E dessa vez o Fuzzil gravou um vídeo do Projeto Origens, numa Feira Livre na Ação Educativa, ficou bem loco, assista aí e reflita nas idéias que o pessoal lançou, vale a pena!!!





REPÚDIO SANTISTA

13 04 2011

Apoio totalmente essa iniciativa de santistas (Amilcar, Alex, Coca e Renato) de expressarem seu repúdio a essa palhaçada de mau gosto que parte da imprensa esportiva vem fazendo a longos anos no Brasil!!!

Seja nas especulações sobre o Ganso, Robinho, Neymar e tantos outros, o fato é que esses jornalistas nunca são cobrados efetivamente, as notícias passam tão velozmente nesse mundo de milhares de informações ao mesmo tempo, que tudo fica esquecido. Mas quem noticiou, com ctz vendeu muito jornal, ganhou muita audiência na tv ou no rádio etc… e consequentemente muito dinheiro!! Tudo apoiado em mentiras.

Agora falando como santista, é incrível como essas coisas acontecem com o Santos, sempre quando temos craques extraordinários no elenco, o que não é raridade, jornalistas mal-intencionados fazem de tudo para tirá-los do Peixe… e pior: muitas vezes querem levar o jogador direto pros nossos rivais!!! Como diz no texto abaixo, realmente o time do coração parece influenciar demais as notícias levantadas e já é antiga essa prática da imprensa paulistana de dar menos ênfase ao Santos em relação aos outros times grandes de SP. É triste. A todo instante vemos dois pesos e duas medidas.

Parabenizo o “Repúdio Santista” e passo a frente, temos mesmo que utilizar a Web para expressar nossa voz contra esse bando de aproveitadores!!! Vai pra cima deles Santossss!!!!

CarlosCarlos Bola & Arte

Segue o “Repúdio Santista”:

Bom dia santásticos, estamos juntos na Blogagem coletiva!

Nós, blogueiros e torcedores santistas, estamos coletivamente através deste texto postado de forma conjunta em nossos espaços virtuais de discussão, deixando claro o nosso repúdio e nojo com a maneira que está sendo tratada a possível saída do jogador Paulo Henrique.

Estamos enojados com a enxurrada de notícias que não se concretizam da saída do jogador para o Sport Clube Corinthians Paulista. Não pela possibilidade da transferência acontecer, e sim pelo grande número de “furos” noticiados de forma irresponsável.

Não temos a pretensão de ensinar alguém a fazer jornalismo. Temos a intenção sim, de pedir aos jornalistas ou não que trabalham no meio que sejam, minimamente, éticos e profissionais.

Quantas vezes as notícias de saída do jogador já foram desmentidas por procuradores do jogador, pelo assessor do jogador? Quantas vezes o jogador “esteve negociado com o Corinthians” e veio publicamente desmentir tal notícia? Quantas vezes, na saída de campo, os repórteres e outros profissionais deixam de abordar detalhes do jogo, para falar em transferência do atleta?

Não somos bobos. Todos sabemos que, assim como nós, jornalista veste camisa e torce para time A, B ou C. O que, na função de telespectadores e ouvintes, não nos interessa. O que nos interessa é a veracidade do que é noticiado e a forma que isso é tratada.

Estamos cansados de “tivemos a informação”, “uma fonte contou”, “um ex-diretor do clube disse”. Que informação? Que fonte? O jornalismo preza pela proteção da fonte, porém, preza também pela apuração dos fatos de forma correta. E seja na faculdade de jornalismo, seja na vida, vamos aprendendo que sempre é necessário ouvir os dois lados da situação.

Porque o “sim de Ganso” é destaque nos sites, capa de jornal, tema central de discussões de programas de rádio e TV e a resposta do presidente do clube vira canto de página e rodapé de programa? Resposta esta que é a mais importante, pois devemos lembrar aos nossos nobres jornalistas que, o jogador Paulo Henrique Ganso tem contrato vigente com o Santos até o ano de 2015 e que nessa relação profissional, o jogador só sai mediante pagamento da multa, conforme valores estipulados em contrato.

Trocando em miúdos. De nada adianta o jogador se acertar com presidente de clube A ou B, se o clube não pagar a multa. Creio que não precisamos lembrar disso a alguns dos nobres jornalistas, pois eles detêm essa informação até com mais detalhes que nós.

O que nós, blogueiros torcedores do Santos EXIGIMOS é ética.

Exigimos que o jornalista, antes de escrever uma matéria, esqueça que ele tem no coração um time e lembre que ele tem nas mãos o poder de formar opiniões. Esqueçam se eles tem desavenças com essa gestão do Santos e simpatia pelo antigo presidente – e não reputamos a ele nenhuma culpa sobre os incidentes, que fique claro – e lembrem que são profissionais pagos para noticiar de forma correta e verdadeira. Isso nós como leitores, ouvintes e telespectadores EXIGIMOS  de vocês e dos veículos que os contratam.

Pois lembrem-se vocês que, o torcedor, baseia-se na opinião escrita e falada por vocês para formar a opinião dele. E se, vocês jornalistas, distorcerem um fato, formam opiniões distorcidas, que não são condizentes com a verdade. Até quando vocês, na função de formadores de opinião, irão continuar gerando um clima de insatisfação e de desconfiança do torcedor com um atleta, com informações que não se confirmam?

Em um momento do país onde vemos a violência banalizada, inclusive no esporte, exigimos que haja a responsabilidade na publicação de uma notícia e na formação da opinião do torcedor.

Exatamente por entendermos esse momento nós, blogueiros, estamos pedindo a todos os torcedores santistas, para que não promovam qualquer tipo de protesto, retaliação ou cobrança excessiva ao jogador Paulo Henrique Ganso, mesmo que esteja havendo uma tremenda irresponsabilidade na divulgação de notícias informando a possível saída.

Pedimos para o torcedor santista que, enquanto o jogador vestir a camisa do Santos que ele seja tratado como profissional que é. Que receba os aplausos e as críticas quando merecer e não pelo que for imputado a ele. Já que ele, em nenhum veículo, disse até o momento que jogaria pelo Corinthians, pelo contrário.

Pedimos também ao torcedor santista que repudie veículos que, sempre em vésperas de jogos decisivos, tem aparecido com notícias vinculadas a saída de jogadores. Desde o ano passado vivemos isso com o Neymar e agora de forma mais abrupta com o Paulo Henrique. Há veículos que tem tratado o assunto de forma séria, seja em rádios, seja em televisão aberta ou fechada, seja na internet. Procurem estes veículos, informem-se com outros torcedores santistas sobre quem está tratando o futebol de forma ética. Certamente, o torcedor chegará a conclusão e saberá distinguir os bons e maus profissionais.

Sabemos do tamanho do recalque que há de alguns profissionais de comunicação e veículos em ter que admitir que o Santos Futebol Clube é gigante e ultrapassou as fronteiras da cidade, do país. E vemos, no trabalho de alguns deles, que esse recalque vira distorção e mal jornalismo.

Respeitamos o direito e a opção profissional do atleta, caso ele deseje e decida sair do clube. Queremos apenas que ele continue cumprindo com suas responsabilidades enquanto atleta do Santos Futebol Clube e que, se desejar sair, que seja pela porta da frente.

O torcedor do Santos Futebol Clube não agirá de forma imbecil nem contra o jogador, nem contra os péssimos profissionais a quem nos referimos nesse texto. Somos diferentes.

“Uma mentira pode dar a volta ao mundo… enquanto a verdade ainda calça seus sapatos”. – Mark Twain .

Texto do blogueiro Renato http://twitter.com/futblogdorenato

Charges http://twitter.com/cheecorocha

http://twitter.com/RPNonline

Ideia: http://twitter.com/acorreajr





I ENCONTRO DE BLOGUEIROS PROGRESSISTAS DE SP

6 04 2011

Venho divulgar um evento essencial que se realizará em breve, o Encontro de Blogueiros Progressistas de SP. Ano passado eu estive presente no Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas e posso assegurar que é um evento indispensável para quem acredita e luta em prol de uma transformação nas comunicações no Brasil.

A seguir disponibilizo divulgação do evento e mais abaixo vídeos que eu realizei no Encontro Nacional ano passado e que ilustram bem as intenções de se realizar eventos como esse. Mais infos vcs encontram no sítio: http://www.encontrosp.blogspot.com/

CarlosCarlos Bola & Arte

CarlosCarlos e Miro:

CarlosCarlos e Sérgio Amadeu:

CarlosCarlos e Renato Rovai:







E SERGIO AMADEU TOCA A FLAUTA MÁGICA QUE MEDE NÍVEL DE TRANSFORMAÇÃO…

5 03 2011

Salve!!

Esses dias fui num debate primordial p/ o Brasil: sobre liberdade na rede e distribuição de banda larga p/ todos. Foi muito bom, mas ainda falta muita gente da sociedade civil acompanhando e lutando pelos seus direitos.

No vídeo a seguir vc assiste o papo que tive com Sergio Amadeu, ativista digital e professor universitário, sobre a piada de mau gosto que é o serviço de “banda larga” que grandes companhias oferecem, cobrando valores muito altos… falamos também sobre a publicidade mentirosa veiculada na mídia e por fim, o mais especial do vídeo: Sergio Amadeu toca a flauta mágica que mede o nível de transformação de diversas áreas até aqui, nesse caso da questão digital no Brasil… assistam!!!

E vcs, o que acham a respeito do serviço de banda larga no Brasil e em relação ao acesso para todos???

CarlosCarlos Bola & Arte





BARÃO DE ITARARÉ PROMOVE DEBATE SOBRE LIBERDADE NA REDE, AMANHÃ, 26/FEV/2011

25 02 2011

O Centro de Estudos de Mídia Alternativa, Barão de Itararé, promove esse sábado, a partir das 9hs (mesa 1) e das 14hs (mesa 2), debate “Internet” Acesso Universal e Liberdade na Rede”. Vale a pena participar.

** Mais abaixo eu disponibilizo um vídeo que eu gravei ano passado com o Miro (http://altamiroborges.blogspot.com/), criador do Barão de Itararé, no primeiro Encontro de Blogueiros Progressistas.

CarlosCarlos Bola & Arte

A divulgação a seguir foi extraída do blog Barão de Itararé (http://www.baraodeitarare.org.br):

Acesso Universal e Liberdade na Rede

O jornalista Luis Nassif, a deputada federal Manuela D’Ávila e o presidente da Telebrás, Rogério Santana, participam, em 26 de fevereiro, do debate “Internet: Acesso Universal e Liberdade da Rede”. O evento será promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em São Paulo, na sede do Sindicato dos Bancários. O objetivo é discutir, em duas mesas, os principais desafios que o Brasil deve enfrentar para garantir uma internet rápida, barata e de qualidade para todos, com liberdade de expressão. A primeira mesa, “A Luta por uma Internet Livre e os Ataques Conservadores à Rede”, contará com os professores Sérgio Amadeu e Marcos Dantas, além de Nassif e Manuela. Já a mesa da tarde, “O Plano Nacional de Banda Larga e a Luta pela Universalização da Internet no Brasil”, terá como debatedores Rogério Santana — que detalhará os planos da Telebrás para a área —, Percival Henrique (Anid) e Renata Mielli (Barão de Itararé). “A internet tem sido um fator importante para promover maior diversidade e pluralidade na comunicação”, afirma Renata. “Lutar para que o acesso à rede seja universalizado, acabando com a exclusão digital, e defender a liberdade de expressão são bandeiras estratégicas de todos que lutam por uma comunicação e uma sociedade mais democráticas.” Segundo a secretária-geral do Centro Barão de Itararé, “é preciso que as pessoas tomem conhecimento dos ataques que a internet está sofrendo e se mobilizem contra tais iniciativas, no Brasil e no mundo. Ao lado disso, é preciso exigir do Estado políticas públicas de acesso a internet — barata, de qualidade e para todos”. O valor da inscrição para o debate é de R$ 20. Na ocasião, haverá o lançamento do gibi Eu Quero a Banda Larga, produzido pelo Barão de Itararé. Para mais informações, entrem contato com Danielle Penha, no telefone (11) 3054-1829 ou no e-mail contato@baraodeitarare.org.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

(André Cintra)

Segue vídeo: