REDE GLOBO E SEU “AMOR” PELO POVO BRASILEIRO

2 08 2011

Há tempos que eu falo dos malefícios que a Rede Globo causa a sociedade brasileira, mas nem sempre sou ouvido. O post a seguir, extraído do blog O Provocador é só mais uma das “peripécias” que essa tão amada corporação midiática faz em prol de seus próprios interesses… “Um caso de amor com você, um caso de amor com o Brasil“….. Reflita.

Segue:

Globo pega R$ 30 mi para festinha da Copa

Depois dizem que é implicância. Mas caramba, a Globo vai receber R$ 30 milhões para organizar o evento em que será realizado o sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Quem vai pagar essa conta? Adivinha? A iniciativa privada? A Fifa? As empresas fantasmas de Ricardo Teixeira? Vai ser o governo do Estado e a prefeitura do Rio de Janeiro? Dinheiro público!

É o fim da picada. É muita cara de pau. É um descalabro. Perderam completamente o pudor. Por que o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes resolveram sangrar os cofres do povo para patrocinar um evento que deveria ser pago pelos donos da festa, a Fifa e a Globo? Por quê? Por quê?

Enlouqueceram? Claro que não. Essa turma faz isso há décadas, debaixo do nosso nariz. Todo mundo sempre soube que a conta toda dessa Copa do Mundo ia sobrar para o Estado brasileiro. Mas eles não precisavam exagerar. Faltou um mínimo de decência.

Os R$ 30 milhões pagos pelos contribuintes servirão para remunerar a Geo Eventos, empresa das Organizações Globo e do Grupo RBS. Ela foi contratada com exclusividade pelo Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 para conseguir patrocínios para a tal festinha, a ser realizada dia 30 de julho.

Dizem os representantes da Geo que foram ao mercado e não encontraram nenhuma empresa interessada em por a mão no bolso. Duvido. Foram direto aos amigos de sempre, na certeza de que seriam atendidos, sem nenhum esforço. E cabe a pergunta: se ninguém se interessou em patrocinar essa bagaça, por que logo o governo do Estado e a prefeitura teriam que se meter a trouxas?

Quando vierem as próximas enchentes, quando outro bueiro explodir, quando algum turista for assassinado na orla, quando houver um novo arrastão no Túnel Rebouças, todos temos a obrigação de lembrar como é usado o dinheiro dos cidadãos cariocas e fluminenses. Tá vendo como esse pessoal se liga em você?





1ª OCUPAÇÃO ARTÍSTICA NA FAVELA

5 05 2011

A seguir informações sobre a “1ª ocupação Artística na Favela”, organizada pelo NCM – NÚCLEO DE COMUNICAÇÃO MARGINAL – que são manos que lutam incansavelmente em prol de quebrar barreiras, combater desigualdades e falta de oportunidades e de humanizar verdadeiramente a sociedade.

Tem uma frase muito boa no blog do NCM (http://nucleodecomunicacaomarginal.blogspot.com) que diz assim: “Marginalizar a cultura para não culturalizar a marginalidade”. Reflitam!!!

O NCM também produz matérias em parceria com a TVT – TV DOS TRABALHADORES (tvt.org.br), que é onde eu trampo atualmente. Mais abaixo eu disponibilizo uma delas.

CarlosCarlos Bola & Arte

Seguem infos:

Dia 14 de maio de 2011 ocorrerá a 1ª ocupação Artística na Favela, e a comunidade escolhida como palco para essa grande atividade foi a Favela da Biquinha, comunidade situada no Município de São Bernardo do Campo. A ideia é fortalecer a comunidade e oportunizar espaço para os artistas locais exporem suas habilidades, além de abrir as portas para ativistas de diversas linguagens, e inclusive de outras regiões. Além de propor políticas publicas que instrumentalizem e desenvolvam ações de cunho cultural e artístico nos bairros/comunidades periféricas, contribuindo para o desenvolvimento humano no sentindo mais amplo da palavra, concorrendo para uma sociedade mais justa e igualitária.

Para que possamos concretizar a vontade de que esse seja mais um movimento que venha fortalecer a luta pela igualdade entre os povos, é que convidamos você para prestigiar as manifestações culturais da “1ª Ocupação Artística na Favela”

Endereço:

Rua: Passagem da Biquinha
Bairro: Vila São José (Favela da Biquinha)
Cidade: São Bernardo do Campo/ SP
Data: Dia 14 de maio, das 9h às 21h

Como chegar de ônibus?
Acesso fácil de trólebus descer no terminal ferrazópolis (SBC) e pegar um coletivo das seguintes linhas: 37, 18 ou 21 destino Vila São José (SBC), é só desembarcar em frente a EE Professor Brazilia Tondi de Lima e perguntar da Favela da Biquinha.

Como chegar de Carro?
Saída da Anchieta (Rota dos Restaurantes) sentido Wal Mart, depois é só seguir o mapa acima.

Contatos:
Leonardo Duarte (Léo)
Tel: 11 9549 4995
sessaofalaviela@gmail.com
http://nucleodecomunicacaomarginal.blogspot.com

Segue vídeo:







O CASÓRIO DA REALEZA BRITÂNICA: E ASSIM CAMINHA A MÍDIA E O TELESPECTADOR BRASILEIRO…

29 04 2011

Reproduzo aqui post de Altamiro Borges, ou Miro, extraído do blog http://altamiroborges.blogspot.com

Nem vou perder meu tempo escrevendo sobre tamanha futilidade e inutilidade para nós, brasileiros… aliás, isso tudo é a cara da mídia brasileira. Ao invés disso, reproduzo artigo do Miro, que já diz parte do que eu penso sobre o assunto.

E só pra constar, reproduzo tweet da Santasticaa, que diz muito em poucos caracteres:

“Na boa já cansei desse papo de casamento real, real é mesmo o povo que casa em casamentos coletivos pq não tem grana, #realidade“.

Segue post:

Por Altamiro Borges

A busca por audiência não deve ser a única justificativa para a overdose midiática na cobertura do “Casamento Real”. Revistonas dão capas melosas para a união do príncipe William com a “plebéia” Kate. Jornalões gastam papel com fofocas e futricas. O pior, porém, ocorre nas emissoras de televisão – em todas elas, sem exceção. Blocos e blocos nos telejornais para divulgar banalidades.

A mídia corporativa parece adorar a vassalagem. É servil diante das monstruosidades imperiais dos EUA, assim como é vassala diante da monarquia decadente da Grã-Bretanha. A mídia dominante reproduz a ideologia das classes dominantes. Criminaliza os pobres e reverencia os ricaços – inclusive as ostentações e sandices da decrépita “família real”.

Monarquia decadente e parasitária

Na difusão dos valores “morais” da aristocracia, a imprensa sensacionalista deixa de lado até as agruras do capitalismo no país. No primeiro trimestre deste ano, o PIB britânico cresceu apenas 0,5% – após uma contração, também de meio por cento, nos últimos três meses de 2010. Milhões de trabalhadores estão sem emprego e salário, mas a mídia só fala no tal “casamento real”.

A decadente monarquia agradece tanta vassalagem. Com as festanças, ela tenta sair do atoleiro. No ano passado, a “família real” foi obrigada a cortar 12,2% das despesas oficiais com sua vida parasitária. Mesmo assim, a realeza custou mais de 46,1 milhões de euros para os contribuintes britânicos – seis vezes mais do que outra monarquia decadente, a da Espanha.





HIP-HOP COZINHA 4 COM CRIOLO DOIDO

31 03 2011

E acabou de sair o Hip-Hop Cozinha número 4!!! O rapper Criolo Doido foi o convidado dessa edição do programa apresentado pelo camarada Zinho Trindade, formado pela equipe também camarada Peu Pereira, Daniela Embon, Gunnar Vargas e por aí vai…

Vale a pena assistir e difundir pela rede!!!

CarlosCarlos Bola & Arte

Mais infos no blog: http://hiphopcozinha.blogspot.com





BARÃO DE ITARARÉ PROMOVE DEBATE SOBRE LIBERDADE NA REDE, AMANHÃ, 26/FEV/2011

25 02 2011

O Centro de Estudos de Mídia Alternativa, Barão de Itararé, promove esse sábado, a partir das 9hs (mesa 1) e das 14hs (mesa 2), debate “Internet” Acesso Universal e Liberdade na Rede”. Vale a pena participar.

** Mais abaixo eu disponibilizo um vídeo que eu gravei ano passado com o Miro (http://altamiroborges.blogspot.com/), criador do Barão de Itararé, no primeiro Encontro de Blogueiros Progressistas.

CarlosCarlos Bola & Arte

A divulgação a seguir foi extraída do blog Barão de Itararé (http://www.baraodeitarare.org.br):

Acesso Universal e Liberdade na Rede

O jornalista Luis Nassif, a deputada federal Manuela D’Ávila e o presidente da Telebrás, Rogério Santana, participam, em 26 de fevereiro, do debate “Internet: Acesso Universal e Liberdade da Rede”. O evento será promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em São Paulo, na sede do Sindicato dos Bancários. O objetivo é discutir, em duas mesas, os principais desafios que o Brasil deve enfrentar para garantir uma internet rápida, barata e de qualidade para todos, com liberdade de expressão. A primeira mesa, “A Luta por uma Internet Livre e os Ataques Conservadores à Rede”, contará com os professores Sérgio Amadeu e Marcos Dantas, além de Nassif e Manuela. Já a mesa da tarde, “O Plano Nacional de Banda Larga e a Luta pela Universalização da Internet no Brasil”, terá como debatedores Rogério Santana — que detalhará os planos da Telebrás para a área —, Percival Henrique (Anid) e Renata Mielli (Barão de Itararé). “A internet tem sido um fator importante para promover maior diversidade e pluralidade na comunicação”, afirma Renata. “Lutar para que o acesso à rede seja universalizado, acabando com a exclusão digital, e defender a liberdade de expressão são bandeiras estratégicas de todos que lutam por uma comunicação e uma sociedade mais democráticas.” Segundo a secretária-geral do Centro Barão de Itararé, “é preciso que as pessoas tomem conhecimento dos ataques que a internet está sofrendo e se mobilizem contra tais iniciativas, no Brasil e no mundo. Ao lado disso, é preciso exigir do Estado políticas públicas de acesso a internet — barata, de qualidade e para todos”. O valor da inscrição para o debate é de R$ 20. Na ocasião, haverá o lançamento do gibi Eu Quero a Banda Larga, produzido pelo Barão de Itararé. Para mais informações, entrem contato com Danielle Penha, no telefone (11) 3054-1829 ou no e-mail contato@baraodeitarare.org.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

(André Cintra)

Segue vídeo:






A REDE GLOBO E SUAS MENTIRAS HISTÓRICAS DESEMBOCAM NO FUTEBOL

24 02 2011

Que a Rede Globo de televisão é um câncer maligno para a sociedade brasileira, isso eu nunca tive dúvida… e como todo bom “diabo”, ela sempre fez pose de santinha com uma estratégia muito bem pensada de como fazer o povo acreditar que ela de fato os ama. Isso pra mim é antigo, antigo demais… vem lá dos tempos da ditadura, coincidentemente época que esse rede de televisão, nasceu, financiada pelos Estados Unidos e sob o aval dos militares…

É interessantíssimo acompanhar esse embate pelo direito das transmissões do futebol: de um lado a Record, querendo chegar junto e minar o seu adversário… e do outro a Globo, fazendo de conta que vai largar o osso e que tá tudo bem. Não que ela tenha que largar o osso, mas venho lendo muitas coisas na internet que reforçam todo a sua mesquinhez: ela está causando um racha no “Clube dos 13”, organização que tem como membros os 13 maiores clubes do Brasil, ou seja, ela não mede esforços para manter o seu poder, tanto de influência quanto financeiro, quem passar na frente pode ser aniquilado, essa é a regra.

O texto que eu disponibilizo a seguir foi extraído do Blog do Miro (altamiroborges.blogspot.com), que por sua vez o extraiu do blog DoLaDoDeLá , de Marco Aurélio Mello.

No texto Marco discorre sobre o fato da Globo estar se fazendo de mosca morta, quando na real tem várias estratégias para passar a perna em seus adversários… POR FAVOR TIREMOS O PODER DA GLOBO DO BRASIL!!!! Ela ainda vai pagar por todo o mal que fez e faz ao povo brasileiro.

CarlosCarlos Bola & Arte

Segue texto:

O que há por trás da negociação pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro nas temporadas de 2012 a 2014 é muito mais do que uma disputa de dois grupos de comunicação por público e receita. Em jogo está uma mudança de paradigma na televisão brasileira. Assim, tenho minhas dúvidas se a Rede Globo não vai mesmo participar da disputa.

Quando comecei a trabalhar lá, nos anos 90 do século passado, era corrente a história de que o esporte pagava sozinho todos os salários do departamento de jornalismo. Ainda que não seja mais assim, é significativo, não só o faturamento em si, mas o esporte como estratégia para alavancar e organizar a grade de programação.

A Rede Record, num lance ousado, ofereceu a possibilidade de alterar o horário da rodada de meio de semana para 20h, o que para o torcedor é o melhor dos mundos. E no horário nobre, uma revolução. Já imaginou um jogo do Flamengo, no Rio, do Corinthias, em São Paulo e de outros grandes em seus estados com transmissões regionais, ao vivo, cedo assim? Na quarta e quinta-feiras, por exemplo, das oito às dez da noite? O que faria a emissora líder? Alteraria o horário do Jornal Nacional? Faria a novela das nove começar às dez da noite? Claro que não.

Mas uma emissora como a Record, por exemplo, pode fazer ajustes mais facilmente. Levar os jornais regionais, por exemplo, para a espera do jogo. E fazer o chamado “esquenta”, com giros de repórteres. Consolidaria sua audiência, formaria equipes para os Jogos Olímpicos e Copa do Mundo e atrapalharia significativamente a concorrência. Em vez de show de intervalo, por exemplo, um Jornal de Rede de quinze minutos de duração, com pílulas das principais notícias do dia e chamada para um telejornal completo às dez da noite, antes da novela da própria emissora?

Isso, ao longo do tempo, certamente mudaria hábitos e permitiria outras alterações na programação em benefício do próprio telespectador. A regionalização também aumentaria a receita dos clubes pequenos e fomentaria um mercado de trabalho estrangulado pelo monopólio atual. Por tudo isso, não tenho dúvida, eles não largarão o osso tão facilmente. Vão sim para o tudo ou nada! Para o bem de todos, espero que percam.





COLETIVO DE VÍDEO POPULAR – PROGRAMAÇÃO DO CIRCUITO DE EXIBIÇÃO EM MARÇO/ABRIL/2011

23 02 2011

Salve, salve!!!

O Coletivo de Vídeo Popular (videopopular.wordpress.com), movimentação que o Projeto Bola & Arte faz parte, é um coletivo de grupos informais de audiovisual da cidade de São Paulo, que luta contra a mercantilização do audiovisual brasileiro como um todo, entre outras lutas. Pra vcs entenderem melhor, segue a apresentação que há no blog do Coletivo:

Coletivo de Vídeo Popular é uma reunião permanente de pessoas, coletivos e projetos que atua nas áreas de produção, formação, exibição e distribuição de vídeo popular em busca de fortalecer os trabalhos locais, criar ações conjuntas, trocar experiências e soluções e pensar políticas públicas.
Esse momento vem de um processo longo, iniciado anos atrás de conversação entre coletivos audiovisuais da cidade de São Paulo. Por diversas razões, houve períodos de intensa mobilização e outros de relativo afastamento.
No ano de 2009, com o apoio do VAI – Programa de valorização de iniciativas culturais – o Projeto do Vídeo Popular pôde, de forma mais sistematizada, iniciar ações conjuntas de distribuição, publicação da Revista do Vídeo Popular e a realização da 3ª edição da Semana do Vídeo Popular.
O email do coletivo é videopopular@gmail.com

Bimestralmente acontece um novo programa de vídeos populares para serem exibidos no circuito, com vídeos de diversos coletivos, que rodam assim por várias quebradas de SP, tudo gratuito!!! O Programa Bola & Arte já fez parte do circuito com o episódio gravado diretamente do Morro de Sta Marta, no Rio de Janeiro, com o rapper Fiell e seus parceiros.

Acabou de sair do forno a programação do circuito nos meses de Março e Abril. Pra quem não conhece, vale a pena demais colar em algumas dessas exibições a seguir!!!

Vida longa a luta verdadeira, aquela que não perde o foco na raiz que a sustenta.

CarlosCarlos Bola & Arte

Segue programação: